Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro expediu, nesta quarta-feira (17/), alvarás de soltura para Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) e para a esposa dele, Márcia Aguiar. A informação foi publicada pelo jornal O Globo.

Contudo, a assessoria do Tribunal informou que não teve acesso à decisão e que, por isso, não seria possível mais detalhes, já que o processo é sigiloso.

Na terça-feira (16/03), a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu libertar Queiroz e a mulher dele por entender que havia “excesso de prazo” na ordem de prisão do casal.

No julgamento, os ministros do STJ ressaltaram que seria preciso comunicar a decisão ao STF. A tendência era que, a partir do determinado pelo STJ, Mendes ainda avaliasse se a ordem de domiciliar se mantinha.

A Turma do STJ, então, entendeu que somente uma nova decisão de Mendes poderia mudar a situação do ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

Fabrício Queiroz e Márcia foram presos no ano passado pela Polícia Federal em um desdobramento das investigações sobre as chamadas “rachadinhas“, prática na qual parlamentares se apropriam de parte dos salários dos assessores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui