Falta muito mais de um ano para as eleições a governador do Rio de Janeiro em 2022. Mas já começam as movimentações dos pré-candidatos a governador. Neste sábado, 19/06, o presidente nacional do PDT,Carlos Lupi, lançou a pré-candidatura do ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

No NOVO, o deputado federal Paulo Ganime se inscreveu para o processo seletivo do Novo para concorrer como governador do Rio de Janeiro em 2022. E tudo indica que ele será o candidato do partido. Apesar de enfranquecer a legenda para a Câmara Federal.

O principal nome do PSol, Marcelo Freixo, deixou o partido e caminhou para o PSB pensando nas eleições 2022. Ele espera o apoio do PT, mas Lula é Lula, e nos bastidores se diz que o presidente da Alerj, André Ceciliano, pode ser o candidato a governador.

Eduardo Paes (PSD) lançou no ato de sua filiação ao novo partido, o nome do presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, como candidato a governador. Mas caso ele não empolgue há quem aposte no nome do deputado federal Rodrigo Maia.

O PRTB pode lançar o vice-presidente do Brasil, General Hamilton Mourão. O PRTB faz muita questão de ter Mourão candidato, o que também é vontade dele. Uma candidatura ao Senado não é descartada, contudo, o interesse maior é mesmo o governo do estado do Rio de Janeiro. Mas ele também pode ser candidato pelo PTB de Roberto Jefferson.

E, claro, há o nome do governador Claudio Castro (PL) o favoritíssimo no drmomento. Apesar de desconhecido pela população, tem conseguido apoio de vários partidos, lançado vários projetos, além da verba da venda da CEDAE, que dará um grande impulso em sua candidatura.

Ou seja, no momento os pré-candidatos seriam:

  • André Ceciliano (PT) – boato de bastidores
  • Claudio Castro (PL) –tratou do assunto
  • Felipe Santa Cruz – lançado pelo presidente estadual do PSD e prefeito do Rio, Eduardo Paes
  • Hamilton Mourão (PRTB) – partido demonstra vontade, nunca tratou do assunto
  • Marcelo Freixo (PSB) – já tratou do assunto
  • Paulo Ganime (Novo) – participando de processo de seleção do partido
  • Rodrigo Maia – boato de bastidores
  • Rodrigo Neves (PDT) – lançado pelo presidente do partido, Carlos Lupi

Ou seja, no momento, temos 4 candidatos que ou foram lançados ou já trataram do assunto, e 4 que estão apenas no mundo do dos boatos.

9 COMENTÁRIOS

  1. Cláudio Castro e Mourão (caso concorra) disputarão o voto dos bolsonaristas do RJ. Freixo será o candidato da esquerda e na minha opinião, chegará fácil no segundo turno, mesmo se o PT lançar André Ceciliano. Felipe Santa Cruz acredito que sua candidatura não decolará, apesar do apoio do Eduardo Paes. Rodrigo Neves e Rodrigo Maia é no mínimo improvável que cheguem ao segundo turno. Paulo Ganime deve ser o candidato do Novo, mas não terá o voto dos bolsonaristas e muito menos da esquerda, então será difícil para ele.

  2. Já está mais do que na hora de termos Marcelo Freixo, só não votar no Freixo quem quer o estado entregue cada vez mais na mão de milicianos. Freixo é o único que bate de frente contra esses milicianos que já estão atuando no legislativo e até no judiciário. Se continuar assim, o Rio de Janeiro será o primeiro estado brasileiro, a ter similaridades com o “Estado Islâmico”. Agora de jeito algum, podemos eleger o Claudio Castro, esse cara já devia estar preso junto com o Witzel.

  3. André Ceciliano (PT) – To fora (cad a grana, devolve)
    Claudio Castro (PL) – Pode ser
    Felipe Santa Cruz – Este esquerdista nem de longe
    Hamilton Mourão (PRTB) – E o melhor para nosso estado
    Marcelo Freixo (PSB) – defensor das drogas e bandidos
    Paulo Ganime (Novo) – To fora
    Rodrigo Maia – Botafogo nem para ascensorista
    Rodrigo Neves (PDT) – PDT nem pensar , ja tivemos e favelizou o Rio

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui