Arcade Fire

No início do ano comentei sobre o show da banda Arcade Fire no Rio de Janeiro, pois ela vai acontecer na próxima sexta-feira, dia 4 de abril. Mas você não conseguiu comprar o seu ingresso? Seus problemas então acabaram!!!

É que o Diário do Rio e a AXE, a marca de fragrâncias mais vendida do mundo,  estão oferecendo um par de convites  para a seguinte pergunta: “Por que o carioca merece ir no show do Arcade Fire de graça?”, as dez, isso DEZ, melhores respostas levam um par cada!!! As respostas tem de ir com nome, telefone e endereço para rio@diariodorio.com. Vale até o meio-dia do dia 1º de Abril!

AXE

É claro que a promoção só inclui o convite (transporte, hospedagem e despesas no show ficam sob responsabilidade dos ganhadores).

Segue informações sobre o show:

Serviço – Arcade Fire

Realização: TIME FOR FUN

Data: 04 de abril de 2014; (sexta-feira)
Horário: 22h.

Local: Citibank Hall – Rio de Janeiro (RJ)
Av. Ayrton Senna, 3000 – Shopping Via Parque – Barra da Tijuca
Capacidade: 8433 lugares
Ingressos: de R$ 105 a 440 (ver tabela completa)
Duração: Aproximadamente 1h40
Classificação etária: Menores de 15 anos somente com presença dos pais ou responsáveis legais
Abertura da casa: 1h30 antes do espetáculo
Estacionamento do Shopping
: R$ 8 (pagamento antecipado)
Acesso para deficientes, ar condicionado

Site: www.t4f.com.br
Telefones para informações: 4003-6464
Venda a grupos:
grupos@t4f.com.br

Seguradora Oficial: Allianz

 

Os Vencedores

Rafael Henrique:

Hoje quando eu Wake Up, estava Ready to Start mas vi a promoção do Diário do Rio e não consegui mais pensar em outra coisa, joguei um AXE pra ficar cheiroso e saí pra andar pelos Suburbs pensando em como responder a pergunta.

A verdade é que o carioca é povo mais indicado pra ser fã do Arcade Fire. Não que sejamos especiais, somos Normal Person mas temos nosso Deep Blue mar enfeitando nossas paisagens pra passar o dia, temos Mountais Beyond Mountais completando o visual e You Already Know que quando Here Comes the Night Time temos a Lapa, o samba e a caipirinha pra fechar o dia.

Até o nosso lado ruim combina com o Arcade Fire. We Used to Wait muito tempo In The Backseat, presos nos engarrafamentos dessa cidade inflamada. Essas Wasted Hours não voltam nunca mais. E é por isso que estamos aprendendo a fazer Rebelions, quem sabe muda alguma coisa! E hoje em dia não há algo que o carioca mais queria que um lugar onde No Cars Go.

E é por tudo isso que eu, como carioca, acho que mereço ir ao show do Arcade Fire de graça. Espero ganhar a promoção pra ter boas recordações depois no Month of May.

Michelle Tinoco

"We used to wait" pelo Arcade Fire vir ao "Brazil" e eu como boa carioca que mora em "The Suburbs", queria que alguém "Take me out" para assistir. Sendo assim, eu espero "Wake up" no dia do resultado do Diário do Rio com dois convites e "Ready to start" minha ida ao show.

Lucas Ferraço

O carioca merece ir de graça no show do Arcade Fire porque foi no Rio de Janeiro o lugar onde a banda realizou uma de suas apresentações mais importantes e contundentes. Ainda desconhecidos de um público maior, eles se apresentaram no Tim Festival de 2005 com direito a Ary Barroso e a escaladas pelas estruturas do palco. Saíram ovacionados! O público carioca emocionou a banda e foi emocionado. A relevância da apresentação de anos atrás na trajetória dos artistas se confirma pela insistência em tocarem novamente na cidade e não ficarem apenas em São Paulo.

Auristela Mendes Romeu

O Carioca merece, ele reflete, ele emana a luz do fogo que é a transformação: em dias melhores, em superações; assim como no fliperama: é o próprio Arcade Fire!

Márcio Couto

Numa cidade onde impera aos sentidos tudo que é mastigado e processado sonora e visualmente, os poucos que ousam pensar fora da casca e além da arrebentação onde as ondas de Copacabana estouram, não possuem uma voz e nesse caso também não possuem ouvidos ou preferem ignorá-los já que não há som decente pra empregar a audição. Arcade Fire é uma afronta aos conformados. É obrigatório.

Rodolfo Yuzo

Carioca merece ir de graça por que a vida no Suburbs carioca não é fácil não. Neighborhood aqui é Chatuba de Mesquita e Morro do Alemão, Reflektor só das balas perdidas e nem Neon Bible salva isso aqui.

Mariana Rascão

O carioca é um Modern Man e há anos espera o Arcade Fire vir tocar no Brazil, You Already Now. Agora, eu preciso desse ingresso, senão vou ter que fazer uma Intervention para poder curtir esse Ocean of Noise!

Stephanie Olivieri

O carioca merece ir de graça no show do Arcade Fire porque "We Used To Wait" desde 2005 para rever a banda em solo carioca, e no dia 4 de abril a gente vai "Keep the Car Running" desde "The Suburbs" e "Neighborhood" até a casa de show, e mesmo que "No Cars Go", nós estaremos "Ready To Start" quando "Here Comes The Night Time" e o Arcade Fire entrar na palco como "The Reflektors" e a plateia fizer um "Ocean of Noise", porque o amor pela banda "It’s Never Over" e vai até "Afterlife".

Weverton Ponciano

Arcade Fire sempre descreveu os pormenores da minha vida e, imagino, que, à certo nível, da vida de qualquer morador e frequentando de qualquer cidade do mundo tão orgânica quanto o Rio. O carioca merece por essa identificação. Entre correr atrás do ônibus atrasado pro trabalho ou assistir  seu programa dominical favorito, em seus sonhos eles estão sempre gritando.

Tiago Castro Gomes

6 milhões de habitantes habitam o Rio de Janeiro.

O que transborda nas ruas é uma pluralidade de rostos, cores, gingados, sorrisos e vozes. Dessa união, surgiu um ser único: o carioca.

6 são os integrantes do Arcade Fire.

Eles se revezam entre sons de guitarra, bateria e baixo unidos a piano, violino, teclado, harpa e outros instrumentos. Dessa união, surgiu uma música única.

Pra mim, é a que singularidade que une o carioca e a música de Arcade Fire.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui