Jimmy Raw era uma voz reconhecida por todos, um ícone da locução carioca. Seu falecimento, aos 58 anos, consterna a todos.

O radialista Germano Raw Neto, conhecido como Jimmy Raw (ou Jimy Raw), morreu hoje, vítima do novo coronavírus. Com 58 anos de idade, o famoso comunicador carioca havia dado entrada na UTI, infectado pela COVID-19, no dia 7 de maio. No dia 20, deixou a UTI, aparentemente em processo de recuperação.

Raw se sentiu mal durante o final de semana, e voltou a ser internado na UTI do hospital municipal Ronaldo Gazolla, onde acabou por falecer, vítima da nova doença. Sua sobrinha anunciou o falecimento em uma de suas redes sociais. “Eu tinha ficado tão feliz que (..) estava se recuperando“, declarou Andrea Raw.

O comunicador, com sua voz sempre jovial, começou bem jovem, como um dos produtores do programa Aqui Agora na extinta TV Tupi. No mundo do rádio, onde era muito respeitado e considerado uma referência de “voz carioca”, começou na Rádio Capital, mas como contato comercial. Após uma passagem pelo Paraná onde finalmente se destacou como comunicador, ficou mais famoso no Rio de Janeiro por seus programas na rádio 98FM e na Antena 1 FM.

Jimy era muito ligado na natureza, e no momento não estava trabalhando em nenhuma rádio específica. Estava atuando apenas no www.aturmadoradio.com .

Jimy chegou a apresentar programas também na TV, tendo trabalhado por tempos na TV Manchete, e depois obteve consagração na apresentação do Globo de Ouro, na Rede Globo. Ultimamente, trabalhara na Super Rádio Tupi, do Grupo Diários Associados.

O radialista participava do canal A Turma do Rádio, no Youtube. “Sou cidadão do mundo, da natureza, da boa prosa e em torno de uma mesa farta de amigos“, dizia Jimy na sua página pessoal numa rede social.

Recentemente, outro grande comunicador do rádio carioca teve um embate com a COVID-19. Roberto Canázio, tradicional radialista das mesas de debatedores porém, conseguiu curar-se e já está em casa e passa bem.

13 COMENTÁRIOS

  1. Gostava muito de ouvir ele na Rádio Tupi, 1280, aos domingos de madrugada, fantástico comunicador, nos deixou com muita saudades, uma forma amiga de se comunicar, que saudade vai deixar.

    Eu tbm trabalho em comunicação, na Rádio Ubá de Ivaiporã no Paraná, 890 AM, e fazia muito nosso jeito de ser.

    Passa se um Homem e fica sua História, vai com Deus Jimmy Haw.

  2. Ouvinte do Jimmy Gás, na Tupi, 1.280, que programa fantástico, mecha com a gente.

    Sou de Ivaiporã no Paraná, trabalho na Rádio Ubá, 890 AM, e o Jimmy fazia muito meu estilo, agora está comunicando junto ao Pai Celestial, nos deixa saudades. Passa se o Homem, e fica sua história, Deus sabe de todas as coisas.

  3. Hoje fiquei sabendo do falecimento do querido locutor Jimmy Wall.Muita tristeza e saudade.Sua voz inconfundível faz parte da minha juventude,quando o acompanhava na 98fm no programa romântico Good Time.Ja sintoma saudade da rádio 98 com seu programa,imagina agora que ele não está mais entre nós. Vai em paz com Deus Jimmy.

  4. O rádio brasileiro perdeu um profissional autêntico e de caráter.
    Meus sentimentos, e pedidos à Deus, para que console seus familiares, através do Seu Espírito Santo!

  5. A voz do rádio se entristece pela perda do Jimmy. Grande comunicador com sua voz inconfundível e alegre. Conheci na década de 80, na passagem pela FM 104 em Curitiba.

  6. Um tremendo profissional! Bom caráter, gostava de fazer e, manter amigos. Nos encontramos recentemenas nas barcas e, ficamos meia hora, matando saudade, dos bons tempos do Radio. Tinha esperanças de voltar ainda esse ano pra alguma emissora. Deus conforte os corações dos parentes e amigos

  7. Mais uma lamentável perda… Jimmy Raw tinha excelente gosto musical, e seus programas à noite na 98FM (“Good Times”) inspiraram milhares de casais a declararem seu amor..

  8. Nosso querido vizinho de Teresópolis! Jimmy era sempre sorridente, amigo em qualquer momento, alegre e divertido. Era prestativo, solidário, disposto a ajudar, zeloso. Também era carinhoso e atencioso com os mais idosos. Bom de papo, conversava sobre qualquer assunto, principalmente sobre música popular brasileira, tema que dominava. Uma voz inconfundível no rádio. Homem trabalhador no rádio e no prédio que morou e foi síndico. Lamentamos por nosso estimado amigo. Sentiremos saudades e lembranças felizes teremos dele. Uma honra ser seu amigo. Deus o acolha e conforte seus familiares e amigos. ???

  9. Eu gostava de ouvi-lo na Super Rádio Tupi!!
    Como radialista que fui, expresso meus sentimentos á família dele e á família do rádio que perde uma das suas belas vozes!!?

  10. Eu gostava de ouvi-lo na Super Rádio Tupi!!
    Como radialista que fui expresso meus sentimentos á família dele e á família do rádio que perde uma das suas belas vozes!!?

  11. Triste. Faz parte da minha adolescência qdo ouvia a rádio nos idos dos anos 80, FM 104 stereo, aqui em Curitiba. Também apresentava o programa Som Iguaçu, onde passavam vários vídeo clipes de músicas da época.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui