O absurdo aumento de R$ 5 para R$ 6,30 não vai mais acontecer neste domingo, 2/5, será adiado até a próxima sexta-feira (07/05). Esse novo prazo é necessário para que o Governo do Estado e a concessionária MetrôRio possam finalizar a celebração de um novo Termo Aditivo ao Contrato de Concessão que permitirá um reajuste menor na nova tarifa do sistema metroviário.

As negociações consideram o atual cenário socioeconômico, fortemente impactado pela pandemia, e têm como objetivo diminuir o impacto para o usuário e garantir o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão.

Vale ressaltar que, em virtude do Regime de Recuperação Fiscal, o estado está impossibilitado de oferecer subsídio às concessionárias para arcar com parte do valor gasto pelo passageiro nos sistemas de transporte.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui