Museu Nacional de Belas Artes - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Após ter dado início, em 2020, a uma grande reforma, com previsão de término somente para 2022, o Museu Nacional de Belas Artes (MnBA), localizado na região central do Rio de Janeiro, chegou à sua nova etapa de restauração, que envolve intervenções nos medalhões do 3º pavimento do edifício e nas fachadas voltadas à Avenida Rio Branco e às ruas Araújo Porto Alegre e Heitor de Melo.

Cada vez mais, o Shopping Paço do Ouvidor se fortalece como ponto de encontro no Centro do Rio. Passa no Paço.

Os referidos ornamentos foram pintados pelo ilustre artista chileno Henrique Bernardelli. Eles estampam membros da Missão Francesa de 1816, bem como de personalidades como Dom Pedro I, Dom Pedro II, Dom João VI, entre outros. Os recursos para a realização das obras são oriundos do Fundo de Defesa de Direitos Difusos, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Medalhões do MnBA sendo restaurados – Foto: Reprodução

Vale ressaltar que o prédio onde atualmente funciona o Museu foi projetado em 1908 pelo arquiteto espanhol Adolfo Morales de los Rios para sediar a Escola Nacional de Belas Artes. Tornou-se museu em 1937, quando a Escola foi deslocada para a Ilha do Fundão, e foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1973.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui