Foto: Divulgação

Vejam só, o Patriotas, que pode ser o futuro partido de Jair Bolsonaro e é o partido que Flávio Bolsonaro acabou de se filiar e pelo qual o General Pazuello pode ser candidato a governador em 2022, faz parte do governo Eduardo Paes (PSD). Isso mesmo, foi nomeado nesta quarta-feira, 2/6, o então vereador Renato Moura (Patriotas) como secretário da Cidadania.

A Secretaria criada para o vereador Átila A. Nunes (DEM), para poder colocar Célio Luparelli (DEM) como vereador, em um acordo com o partido, acabou ficando sem um político nomeado, desde que Thiago K. Ribeiro foi para o Tribunal de Contas, liberando uma vaga do Democratas na Câmara. Chegou-se a cogitar Felipe Michel (PP), mas por causa de Marcelo Siciliano (PP), 1º suplente, e pessoa não muito querida, a vaga ficou em aberto.

Renato Moura está em seu 5º mandato seguido e já passou pelo PTB, PSL, PTC, PROS, PDT e, finalmente, Patriota. E, vejam só, chegou a ser secretário de Trabalho durante o mandato de Marcelo Crivella (Republicanos). Com base eleitoral em Bangu, não se sabe se tem m trabalho conhecido nas questões de Cidadania.

Quem ficará em seu lugar é o 1º suplente do Patriotas, Felipe Boró, também com base eleitoral na Zona Oeste e que teve 8.314 votos nas últimas eleições.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui