Reunidos para propor soluções após o cancelamento do Carnaval de rua, blocos não chegam a um acordo e adiam encontro com a Prefeitura

Representantes das ligas, cortejos e megablocos também decidiram deixar o encontro com Eduardo Paes para a próxima semana devido à atual situação da Covid-19 no Rio

Foto: Alexandre Vidal

Nesta quinta-feira, 06/01, representantes das ligas, cortejos e megablocos fizeram uma reunião online para tentar fechar uma proposta que seria apresentada à Prefeitura, na sexta, 07/01, no intuito de sugerir uma saída para o cancelamento do Carnaval de rua do Rio. Contudo, não houve um consenso entre eles, por isso, o encontro com o prefeito Eduardo Paes foi adiado para a próxima semana. A atual situação da Covid-19 na cidade, com o aumento de casos, também colaborou para o adiamento.

A ideia é achar uma solução para os desfiles, já que a proposta inicial da Prefeitura de os blocos saírem em locais como Parque Olímpico e Parque Madureira não foi bem recebida.

Em uma live na tarde da última terça-feira, 04/01, o prefeito Eduardo Paes (PSD) anunciou que o Carnaval de rua está cancelado na cidade do Rio de Janeiro em 2022. O motivo é a variante Ômicron, que já se encontra no Rio, inclusive com transmissão comunitária.

A decisão foi tomada em reunião entre o prefeito e representantes de todas as ligas de blocos e megablocos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui