Carnaval Rio 2019 - Vila Isabel - Fernando Grilli | Riotur

De acordo com uma estimativa feita pela FGV e CNC a pedido do jornal Valor Econômico, as festas de Réveillon e Carnaval no Rio de Janeiro podem injetar pelo menos R$ 4 bilhões na economia da cidade.

A projeção apenas levou em conta os turistas brasileiros, normalmente mais de 50%, e residentes. A situação sanitária no mundo ainda pode prejudicar as festas, especialmente de ano novo, mas sinais como a liberação do uso de máscara, podem indicar que o número será bem maior. Além de, pela 1ª vez, uma agência de disponibilizou para fazer o Carnaval de Base na Intendente Magalhães.

Ao Valor, Fernando Blower, do sindicato de bares e restaurantes do Rio, disse que o seu setor deverá retomar o ritmo de antes da pandemia no verão.

1 COMENTÁRIO

  1. Maravilha! Mas antes desse clima de festa, lembrei que o prefeito carnavalesco abandonou a cidade, não resolve os
    desleixo, abandono e má conservação das áreas turísticas (principalmente Centro); não resolve a péssima gestão de transporte e mobilidade urbana; não resolve nada que a cidade necessita no dia a dia pra seus habitantes e os turistas, também perceberão. Enfim, a cidade vive de 365 de impostos, as pessoas precisam das empresas e indústrias que sumiram daqui e vocês prefeitos e governadores, só resumem que vivemos somente de Carnaval e réveillon. Por isso, esse estado lindo e rico, só deteriora e piora…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui