Foto: Myke Sena/MS

A Prefeitura do Rio está esperando o recebimento das doses de vacina contra Covid-19 para manter o calendário de repescagem agendado para este sábado (21/08) de pessoas com 20 anos ou mais. É espero recebimento de cerca de 84 mil doses de imunizante.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a cidade só tem estoque, neste momento, vacina suficiente para aplicação da segunda dose neste sábado.

“O Ministério da Saúde tem a previsão de distribuir 2,5 milhões de doses no dia de hoje (esta sexta) para o Brasil. Essas vacinas já estão aptas para o despacho. Esperamos receber a nova remessa para garantir o calendário no dia de amanhã. Por enquanto, temos apenas estoque para a segunda dose para quem já está agendado para amanhã, quando nossa expectativa é aplicar 38.612 segundas doses de AstraZeneca, 302 de CoronaVac e 115 da Pfizer”, explicou o secretário.


Mas se as novas cheguem nesta sexta-feira, a prefeitura esperar conseguir aplicar 79 mil doses na repescagem de sábado em primeira dose. Soranz também esclareceu, que a expectativa era de entrega de 280 mil doses no início da semana. Porém, as doses chegaram apenas no da tarde da última quinta-feira (19/08), em número reduzido.


Com isso, chegamos ao limite do estoque e faltou vacina em 48 pontos de vacinação da cidade. Por isso, hoje estamos vacinando as pessoas de 18 anos e as de 19 anos que não puderam se vacinar ontem“, pontou Soranz.

Até quinta-feira (19/08), 4.709.852 pessoas haviam tomado a primeira dose (D1) de CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer no Rio, e outras 137.523 receberam o imunizante da Janssen, que tem o esquema vacinal de dose única (DU). Esse total representa 91,8% da população carioca elegível para a vacinação (a partir de 18 anos) com a imunização iniciada ou concluída. Entre as pessoas que seguem o esquema vacinal de duas doses, 2.159.349 já receberam a segunda dose (D2), o equivalente a 43,5% da população elegível com a imunização completa. A continuidade do calendário de vacinação do Rio está condicionada à regularidade do envio de remessas pelo Ministério da Saúde.

A cidade tinha até quinta-feira (19/08), um total de 4.709.852 com a primeira dose (D1) de CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer no Rio, e outras 137.523 receberam o imunizante da Janssen, que tem o esquema vacinal de dose única (DU). Esse total representa 91,8% da população carioca elegível para a vacinação (a partir de 18 anos) com a imunização iniciada ou concluída.

Entre as pessoas que seguem o esquema vacinal de duas doses, 2.159.349 já receberam a segunda dose (D2), o equivalente a 43,5% da população elegível com a imunização completa.

Devido a disseminação da variante Delta e do aumento do número de casos notificados, o boletim epidemiológico divulgado desta semana aponta ainda o mapa de risco da cidade para Covid-19 retornando ao estágio de atenção.Todas as 33 regiões administrativas (RAs) do município estão classificadas com risco alto (laranja) para transmissão do coronavírus.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui