Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, afirmou nesta segunda-feira (27/09) que irá aguardar o comunicado oficial do Ministério da Saúde e aporte de novas doses de vacina contra Covid-19 para decidir sobre a aplicação da dose de reforço nos profissionais de saúde. De acordo com a indicação do Ministério da Saúde, os trabalhadores da saúde devem receber preferencialmente o imunizante da Pfizer, com intervalo mínimo entre a segunda e a terceira dose de seis meses.

Já a Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS), informou a imunização seguirá de acordo com a logística de cada município. Mas a recomendação é que ela ocorra preferencialmente após a aplicação da dose de reforço nos idosos e imunossuprimidos e a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos.

A inclusão do grupo foi confirmada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na última sexta-feira (24/09) em uma publicação no Twitter.

Acabamos de aprovar a dose de reforço para profissionais de saúde, preferencialmente com o imunizante da Pfizer, a partir de seis meses após a imunização completa. Essa é a maior campanha de vacinação da história do Brasil: já são quase 230 milhões de doses aplicadas. Brasil unido por uma #PátriaVacinada”, disse o Ministro.

O número de pacientes internados com Covid-19 na rede pública de saúde da cidade é o menor desde abril de 2020.

O secretário municipal de saúde do Rio também informou, por suas redes sociais, que número de pacientes internados com Covid na rede pública de saúde da cidade é o menor desde 6 de abril de 2020. Nesta segunda-feira são 438 internados ea taxa de ocupação de leitos na cidade está em 47%.

Já a média móvel de internações da última semana epidemiológica, que terminou neste domingo (26/09), é a menor desde 10 de abril de 2020. A média móvel de internações está caindo há 27 dias seguidos.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

1 COMENTÁRIO

  1. Que bagunça tupiniquim (!!)
    Na Inglaterra aplicam a 3a dose da vacina a partir de 40 anos porque verificado que são mais vulneráveis pessoas, considerando a partir dessa idade… pois a segunda já seria suficiente para a população mais jovem.
    Aqui fazem uma bagunça. Agora vai começar tudo de novo por categoria profissional (???) Profissionais da saúde, segurança, professores…
    Cambada de políticos felea da pula

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui