Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Nesta terça-feira (19/10), a Prefeitura do Rio começa a multar os consórcios de empresas de ônibus que não cumprirem a frota mínima rodando nas ruas da cidade. Os carros serão monitorados por GPS. As informações são do portal de notícias “G1”.

Nesta primeira etapa, que dura até o fim de outubro, a medida vale para 50 linhas. A segunda fase se inicia em novembro (01/11), quando começa o monitoramento de mais 47 linhas. Já a partir de 15 de novembro, todos os itinerários entram na fiscalização.

De acordo com o poder municipal, os ônibus que circulam pela cidade estão divididos da seguinte forma:

  • Consórcio Intersul – 1.310 ônibus;
  • Consórcio Internorte – 2.062 ônibus;
  • Consórcio Transcarioca – 1.520 ônibus;
  • Consórcio Santa Cruz – 1.585 ônibus.

Assim, a cidade do Rio possui, no total, 6.477 ônibus. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, atualmente existem 496 linhas rodando na cidade do Rio, mas só 107 delas, ou 21%, circulam com a frota inteira.

#AondeVamosParar?

Em reportagem do DIÁRIO DO RIO, foram abordados os muito problemas que os passageiros enfrentam diariamente dentro dos ônibus cariocas, citando as linhas que foram encurtadas, e/ou tiveram seu número mudado ou que simplesmente sumiram.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui