Mulher segura frasco rotulado como de vacina contra Covid-19 em frente a logo da Pfizer em foto de ilustração 30/10/2020 REUTERS/Dado Ruvic

A Prefeitura informou que vai iniciar nesta terça-feira (04/05) o uso da vacina da Pfizer contra a Covid-19. A aplicação da primeira dose ocorrerá às 7h, na Clínica da Família Estácio de Sá, no Rio Comprido.

A primeira remessa de vacinas da Pfizer adquirida pelo Ministério da Saúde chegou à cidade na segunda-feira.Coube ao município do Rio um lote de 46.800 doses.

Rio chega a um milhão e meio de cariocas vacinados contra Covid

A vacinação contra Covid-19 no Rio de Janeiro está avançando. Nesta segunda-feira (03/05), a cidade alcançou a marca de um milhão e meio de pessoas vacinadas com a primeira dose do imunizante contra Covid-19 (1.500.067). Isso equivale a 22,2% da população carioca.

Além disso, 95,7% dos idosos da cidade do Rio já receberam o imunizante. A Secretaria de Saúde destaca que os idosos que ainda não se vacinaram devem ir até um posto de vacinação o quanto antes.

Prefeitura anuncia novo calendário para 2ª dose da CoronaVac no Rio; confira

Depois de anunciar, no último sábado (01/05), a suspensão da aplicação da segunda dose da CoronaVac devido à falta de imunizantes em estoque, a Prefeitura do Rio de Janeiro divulgou um novo calendário em relação à referida vacina e à dose na capital fluminense, iniciando nesta segunda-feira (03/05). Confira as novas datas.

  • Dia 03/05 (segunda) – Pessoas com 70 anos ou mais;
  • Dia 04/05 (terça) – Pessoas com 67 anos ou mais;
  • Dia 08/05 (sábado) – Pessoas com 66 anos;
  • Dia 13/05 (quinta) – Pessoas com 65 e 64 anos;
  • Dia 17/05 (segunda) – Pessoas com 63, 62 e 61 anos.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, foi preciso mexer no calendário devido à diminuição da quantidade de doses de CoronaVac recebidas do Instituto Butantan.

”A gente ia receber 150 mil doses do Instituto Butantan na sexta-feira [30/04] e a gente recebeu 17 mil doses, um número muito abaixo do que estava previsto. Isso já tinha acontecido duas semanas atrás, mas, como a gente tinha reservado doses, a gente conseguiu sustentar, mas agora nessa sexta, com essa redução tão grande de aporte, é impossível sustentar”, disse.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui