(Foto: Divulgação)

Uma vez revelação, headliner para esta e a próxima vida, 22 anos após sua estrear em palcos cariocas, Erykah Badu é a grande estrela do festival Back2Black, que faz sua décima edição neste sábado (23), no Cais do Porto.

Em 1997, ela desembarcava no Rio para abrir uma noite de Free Jazz encabeçada pelo grupo inglês Jamiroquai. Com um estilo nem mais dentro do gênero que dava nome ao estilo, ainda que modernizado e próximo ao R&B/pop, ela roubou a noite, para muitos. Djavan foi um dos que encheu de elogios a cantora e compositora nascida em 26 de fevereiro de 1971 em Dallas, no Texas e que lançava seu aclamado álbum de estreia. 

No ano seguinte, “Baduizm” faturou o Grammy de melhor álbum de R&B, a bordo de canções marcantes como “On and On” and “Next Lifetime”. Erykah ainda foi escolhida a melhor cantora de R&B (Grammy) e revelação de artista solo de R&B/soul/rap (American Music Awards). Tudo isso com arranjos elegantes, ao mesmo tempo clássicos e modernos – e, alvíssaras! –, a graça de não precisar se esgoelar para “provar” que canta muito, vício recorrente entre tantas concorrentes.

O sucesso meteórico levou a um álbum ao vivo logo em seguida, da artista, que acabou gravando pouco, proporcionalmente. Nessas duas décadas, foram apenas cinco álbuns de estúdio, por vezes acrescentando mais elementos de hip-hop – o último deles, “New Amerykah Part Two (Return of the Ankh)”, de 2010. Nada que reduza o brilho de músicas como as já citadas, além de “Window Seat”, desse trabalho mais recente; “Soldier”, de “New Amerykah Part One (4th World War), de 2008; e “Time’s a Wastin”, de Mama’s Gun (2000), entre outras.

Antes de Erykah Badu, o palco do Back2Black apresenta combinados lusófonos em dois dois encontros internacionais: um que vai de Cascais, à Zona Oeste carioca, com PLUTONIO + XAMÃ + Malía + Cacá Magalhaes; outro, de Salvador a Lisboa, com Luedji Luna + Selma Uamusse. Nos intervalos, Nicole Nandes, Diana Bouth e outros DJs comandam o som.

Back2Black

Armazém da Utopia. Av. Rodrigues Alves, 299 (Cais do Porto), Gamboa. Tel.: 2516-4857. Sábado (23), das 19h às 4h. Programação completa no Facebook. Ingressos online de R$ 132 a R$ 275.

+Mais!

Festas

Baile Charme Black Tie

O fundador DJ Corello e o ator/apresentador William Vorhees comandam a pista de charme/R’n’B para quem anda bonito e também elegante. 

Manouche. Rua Jardim Botânico 983, subsolo da Casa Camolese (anexo ao Jockey Clube), Jardim Botânico. Tel. 3514-8200. Sexta (22), a partir das 22h. Entrada: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) / R$ 40 (promocional, para quem levar 1kg de alimento não perecível).

Festa Jamaicana de Música Brasileira

O baile, que promete ser 100% de reggae, ska, dub e similares Made in Brazil reúne as seleções sonoras dos DJs Rod (Rodolfo Vaz) e Bombs (Cheyenne Christine), os vocais dos mestres de cerimônias Victor Bhing e Luana Karoo e a banda Ska Jazz Favela.

Evento gratuito, das 23h de sexta (22) às 6h de sábado (23) em alguma ‘famosa’ praça do Centro. Se liga na página do Facebook, que eles divulgam.

Madrugada no Centro – Agytoê + Afrocidade

Inspirado em sua exposição sobre o Egito Antigo que segue em cartaz, o CCBB prossegue os festejos de seus 30 anos com uma edição da festa Madrugada no Centro na sintonia das misturas brasileira e africana da música. 

No pátio em frente ao Centro Cultural Banco do Brasil, a banda baiana Afrocidade toca pela primeira vez no Rio, durante a noite que ainda tem o Agytoê, em seus dez anos fundindo o samba-reggae com raízes de Fela Kuti e similares.

Entre os shows, Lili Prohmann, Tata Ogan e os DJs da festa Disritmia comandam as pick-ups.

CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro (em frente à Candelária). Tel.: 3808-2000. Sábado (23), das 23h às 4h. Entrada: R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia). Vendas antecipadas ou no local.

Shows

Djangos

O veterano e energético trio de rock/ska retoma canções do álbum “Raiva contra oba oba”, de 1998.

Marco Homobono (voz/guitarra), Carlyle Diniz (baixo/voz) e João Aquino (bateria/voz) 

manda ver na faixa-título, “Rala Bucho, Rasta Pé” e (tomara) “O Último Ônibus da Madrugada”. 

Lab Oi Futuro: Rua Dois de Dezembro 107, 5º andar, Flamengo. Tel.: 3131-3060. Sexta (22), às 19h30. Entrada gratuita.

Angela Ro Ro

Sozinha, ao seu piano, a cantora e compositora derrama “Amor meu grande amor” e “Só nos resta viver”, entre outras.

Manouche. Rua Jardim Botânico 983, subsolo da Casa Camolese (anexo ao Jockey Clube), Jardim Botânico. Tel. 3514-8200. Sexta (22) e sábado (23), às 21h. Entrada: R$ 90.

Diogo Nogueira

O sambista canta sucessos como “Tô Fazendo a Minha Parte” no Festival de Dança Israelita (!). 

Hebraica Rio. Rua das Laranjeiras 346, Laranjeiras. Tel.: 2557-4455. Sexta (22), às 22h. Ingressos: R$ 120 (arquibancada) e R$ 200 (pista). 

Skank – Os Três Primeiros

Circo Voador. Rua dos Arcos s/nº, Lapa. Tel.: 2533-0354. Sexta (22) e sábado (23). Ingressos esgotados.

Natiruts

Fundição Progresso. Rua dos Arcos, 24, Lapa. Sexta (22). Ingressos esgotados.

Xande de Pilares

O cantor grava seu DVD “Nos Braços do Povo” com participações especiais de Tiee, Mumuzinho, Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Pretinho da Serrinha, Marcelinho Moreira, Sombrinha e André Renato.

Km de Vantagens Hall. Shopping Via Parque. Av. Ayrton Senna 3.000, Barra da Tijuca. Tel.: 2430-5100. Sexta (22), às 22h30. Ingressos de R$ 40 a R$ 150. 

Viper & Guests

Oito ex-integrantes da banda de metal tradicional mais bem sucedida do Brasil se reúnem para tocar juntos novamente e celebrar a memória de André Matos, vocalista de sua formação clássica, morto em junho, aos 48 anos. O guitarrista Felipe Machado e o baixista/vocalista Pit Passarell comandam o time.

Vivo Rio. Av. Infante Dom Henrique 85, Aterro do Flamengo, altura do Castelo. Tel.: 2272-2901. Sexta (22), às 21h. Ingressos de R$ 120 a R$ 260.

Capital Inicial

Outro ex-integrante do Viper, o guitarrista Yves Passarell, irmão de Pir, toca com a banda de Dinho e os irmãos Lemos, a qual já integra desde a década passada e que lança o novo álbum, “Sonora”.

Além de músicas de seu último projeto, “Sonora”, a banda toca seus grandes sucessos, como “Natasha”.

Km de Vantagens Hall. Shopping Via Parque. Av. Ayrton Senna 3.000, Barra da Tijuca. Tel.: 2430-5100. Sexta (22), às 22h. Ingressos de R$ 60 a R$ 260. 

Renato e Seus Blue Caps

Primeiro guitar hero do Brasil, Renato Barros dá nome à banda muito provavelmente mais longeva do rock mundial, com 60 anos de atividade, e ícone da Jovem Guarda. O repertório vai de versões de Beatles em português (“Menina Linda”) a músicas próprias, como “A Primeira Lágrima”.

Teatro VillageMall. Av. das Américas 3.900, Barra da Tijuca. Tel.: 3431-0100. Sábado (23), às 22h. Ingressos de R$ 40 a R$ 160 (plateia baixa). 

Orquestra Sanfônica Brasileira

O sanfoneiro e maestro lidera o grupo que toca músicas de autoria dele, em parceria com os colegas e banda Caldi no disco, estão os músicos da orquestra, como Yeda Maranhão, Roberto Kauffmann, Rodrigo Bis e Alberto Magalhães, além de outros compositores, como Silvério Pontes e Chico Salles.

Teatro Rival. Rua Álvaro Alvim 33/37, Cinelândia. Tel.: 2240-9796. Sábado (23), às 19h30. Entrada: R$ 70 (inteira) / R$ 35 (meia).

Suricato

Substituto de Roberto Frejat na atual encarnação do Barão Vermelho, o guitarrista, cantor e compositor Rodrigo Suricato retoma sua carreira própria, com a banda à qual dá nome e lança “Na mão as flores”.

Imperator. Rua Dias da Cruz 170, Méier. Tel.: 2597-3897. Sábado (23), às 21h. Entrada: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia).

Frejat

Acompanhado pela Orquestra Sinfônica de Heliópolis, regida por Edilson Ventureli, o próprio revisita uma pá de sucessos, da carreiro solo e do Barão.

Praia de Copacabana: Praia de Copacabana s/nº, em frente ao Copacabana Palace. Domingo (24), às 17h. Evento gratuito,

El Miraculoso Samba Jazz

Talvez a banda instrumental mais representativa do Rio de Janeiro nos últimos cinco anos, este quarteto formado por Henrique Vaz (trompete), Jefferson Moreira (guitarra), Marcos Luz (baixo) e Gabriel Ericsson (bateria), faz sua apresentação aberta mensal. Como em todo último domingo do mês, eles tocam a partir do final da tarde, no calçadão da Praia Vermelha, entre versões, de vão de Michael Jackson a Caetano Veloso e Milton Nascimento, passando por Miles Davis, Moacir Santos, reggae, funk, e até rock, além de boas composições próprias, como a do vídeo. 

Calçadão da Praia Vermelha. Praça General Tibúrcio, s/nº, Praia Vermelha (Urca). Domingo (24), das 18h às 21h. Evento gratuito.

(Foto: Divulgação)

Rodas de Samba

Samba de Lei

No arco que sai da Praça 15, começa às 17h desta sábado, com transmissão (do áudio) da Final da Libertadores e promoção com dose dupla de caipirinha – duas doses a R$ 12, só de limão. O DJ Kadu toca nos intervalos.

Arco do Teles. Praça 15 de Novembro, s/nº, Centro. Sábado (23), das 17h às 3h. Gratuito.

Ed Samba

A roda, em parceria com os Arteiros da Glória e o Projeto Eco Samba, acontece todo último domingo do mês logo depois da feira livre da avenida Augusto Severo.

Feira Livre da Glória. Largo da Glória, s/nº, Glória. Domingo (24), das 14h às 21h. Gratuito.

Grupo Arruda

Fechando o domingo, o grupo comanda o Samba de Laranjeiras, que, apesar do nome, acontece mesmo é no bairro vizinho.

Samba de Laranjeiras

Espaço Corcovado. Rua Conselheiro Lampreia, 169, Cosme Velho. Domingo (24), das 17h à 1h. Ingressos de R$ 20 a R$ 40.

Eventos

Carioquíssima em Laranjeiras

A feira de gastronomia e tudo mais um pouco acontece no final da escondida rua sem saída entre o Parque Guinle e o Largo do Machado.

Open Gallery & Design. Rua Marquesa de Santos, 95, Laranjeiras. Sábado (23) e domingo (24), das 12h às 22h.

Cinema

A Grande Mentira

Roy Courtnay (Ian McKellen), um veterano golpista, dá uma fraquejada e começa a se importar com sua vítima da vez, Betty McLeish (Helen Mirren), uma recém-viúva a qual conhecera via internet.

Um Dia de Chuva em Nova York

Depois de itinerar, com altos e baixos, por Londres, Paris, Roma, Barcelona etc.. Woody Allen volta à cidade natal de sua inspiração com mais um filme seguindo seu padrão. Lá estão Nova York, com seus parques, cafés e livrarias, seus apartamentos apertados e casas geminadas, mas, dessa vez, com o núcleo principal centrado não em locais, mas em turistas e com não um, mas dois alter egos do diretor. Um deles é interpretado por Timothée Chalamet, sob o icônico nome Gatsby. Ele vai com a mulher, a atriz Ashleigh (Elle Fanning), para uma viagem romântica à Big Apple. Chegando lá, porém, tudo muda. Asleigh descobre a chance de uma entrevista com o consagrado Roland Pollard (Liev Schreiber) e Gatsby esbarra com a irmã de uma antiga namorada, vivida por Selena Gomez. 

(Foto: Divulgação)

A Vida Invisível

Karim Aïnouz dirige o romance ambientado no Rio de Janeiro dos anos 1940, sobre duas irmãs de temperamentos opostos. Guida (Julia Stockler) Foge de casa com o namorado, enquanto a talentosa,mas introvertida  Eurídice (Carol Duarte) estuda firme para se tornar uma musicista, enquanto empurra com a barriga um casamento sem amor com Antenor (Gregório Duvivier).

Midway – Batalha em Alto Mar

Ed Skrein, Patrick Wilson e Woody Harrelson estão entre as estrelas deste filme histórico de ação que visa a traduzir os dramas reais e psicológicos de uma das mais cruciais batalhas da 2ª Guerra Mundial fora do território europeu. Trata-se da Batalha de Midway, em que a Marinha dos Estados Unidos conseguiu decodificar e identificar os horários e locais dos ataques planejados pelo Japão, podendo, assim, se antecipar. 

Mais que Vencedores

Alex Kendrick dirige e atua no filme em que interpreta o  técnico de time de basquete de uma escola de ensino médio no interior dos Estados Unidos. Quando a maior fábrica da cidade fecha, levando centenas de famílias a se mudar, o time se desfaz e ele precisa se reinventar como treinador de corredores – um dos quais se empenha em praticar para vencer a maior corrida do ano. 

O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos

Dublada por Larissa Manoela, Gerda é uma menina sem poderes, nascida em uma família de mágicos, nesta animação infantil russa. Ela precisa se superar para salvar pai, mãe e irmão de uma cilada armada pelo rei Harald, que, a fim de se vingar da Rainha das Neves, isola todos as pessoas com poderes mágicos na Terra dos Espelhos.

UMA – Luz do Himalaia

Documentário de Ananda Jyothi sobre as milhares de pessoas que viajam, todo ano, para se banhar no rio Ganges, na Índia. Em busca de uma experiência espiritual, elas esperam que suas águas as tragem autoconhecimento e iluminação, conforme reza a tradição hindu.

Bixa TravestiDocumentário de Kiko Goifman e Claudia Priscilla sobre cantores e rappers travestis e/ou transexuais, como Liniker, Jup do Bairro e Linn da Quebrada, cujos corpos os diretores classificam como “políticos”.

Teatro

XIX Mostra de Teatro Amostra Grátis – UFRJ

Primeira apresentação pública dos trabalhos da Direção Teatral da UFRJ, a “Amostra Grátis” ocorre anualmente desde 2001. Ela reúne os trabalhos da disciplina Direção V, do 6º período, de terça a domingo, digrátis, como diz o nome, no campus da Praia Vermelha. De Lane Lopes, com direção de Fernanda Amaral, a peça desta semana é “Que parte de nós”, baseada nas memórias de quatros amigos, ao receberem uma notícia inesperada.

Escola de Comunicação da UFRJ. Av. Venceslau Brás, 71, Botafogo (ao lado do Pinel, primeiro prédio na esquina com a Av. Pasteur). Tel.: 99951-8781. Terça a domingo, às 20h Até 15 de dezembro. Entrada gratuita.

Almirante Barroso 25, Carioca. Tel.: 2544-7666. Sexta, às 19h. Sábado e domingo, às 17h e às 20h. Até 2

Um dia a menos

Leonardo Netto adaptou o texto de Clarice Lispector, pelo qual dirige o espetáculo solo de Ana Beatriz Nogueira sobre a rotina de uma mulher em casa e seu esgotamento.

Teatro Petra Gold — Sala Marília Pêra: Rua Conde de Bernadotte 26, Leblon, Tel.: 2529-7700. Sábado e domingo, às 17h. Até 8 de dezembro Entrada: R$ 60 / R$ 30 (meia).

Lembro todo dia de você

O Núcleo Experimental vê a vida de um jovem de 20 anos que descobre ser portador do vírus HIV, em musical com texto de Fernanda Maia e direção de Zé Henrique de Paula.

Caixa Cultural (Teatro de Arena). Av. Almirante Barroso 25, Carioca. Tel.: 2544-7666. Sexta, às 19h. Sábado e domingo, às 17h e às 20h. Até 24 de novembro.  Entrada: R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia).

Homem feito

Rafael Souza-Ribeiro e Breno Sanches, da Cia Teatral Milongas, dirigem juntos o texto que o primeiro escreveu e o segundo interpreta, sobre a volta de um jovem à cidade onde sofreu uma infância traumática. Lá, ele revê o pai, que o impunha uma relação abusiva, e o amigo de colégio, com quem viveu um episódio violento.

Sedes das Cias. Rua Manuel Carneiro (escadaria do Selarón), 12, Lapa. Tel.: 2242-4176. Sábado e domingo, às 20h. Entrada: R$ 30. Até 24 de novembro.

Breno Sanches volta à cidade natal, como homem feito (Foto: Renato Mangolin/Divulgação)

Um dia a menos

Leonardo Netto adaptou o texto de Clarice Lispector, pelo qual dirige o espetáculo solo de Ana Beatriz Nogueira sobre a rotina de uma mulher em casa e seu esgotamento.

Teatro Petra Gold — Sala Marília Pêra: Rua Conde de Bernadotte 26, Leblon, Tel.: 2529-7700. Sábado e domingo, às 17h. Até 8 de dezembro Entrada: R$ 60 / R$ 30 (meia).

Navalha na carne — Uma homenagem a Tônia Carrero

Luísa Thiré homenageia a avó Tônia Carrero, interpretando a prostituta Neusa Sueli, mesma personagem que ela fez em 1967, neste clássico do submundo de Plínio Marcos. Alex Nader faz cafetão Vado e Ranieri Gonzalez vive Veludo, o faxineiro gay, sob a direção de Gustavo Wabner. Com Luísa Thiré, Alex Nader e Ranieri Gonzalez.

A trama acompanha as relações violentas entre três personagens num quarto: o gigolô Vado, a prostituta Neusa Sueli e o faxineiro Veludo, com os quais ela tem relações violentas.

Teatro Ipanema. Rua Prudente de Morais 824, Ipanema. Tel.: 2267-3750. Sábado a segunda, às 20h. Entrada: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia). Até 2 de dezembro.

Valsa nº 6

Cláudio Torres Gonzaga deixa um pouco o stand up e dirige Luisa Thiré, que vive Sônia. Nesta peça de Nelson Rodrigues. Morta aos 15 anos, ela tenta desvendar seu passado, tropeçando memórias em alucinações, que incluem a história de seu assassinato.

Texto: Nelson Rodrigues. Direção: Cláudio Torres Gonzaga. Com Luisa Thiré.

Assassinada aos 15 anos, Sônia tenta desvendar o mistério de seu passado: em meio a delírios e memórias, ela revela uma trama de assassinato e intrigas.

Teatro Ipanema. Rua Prudente de Morais 824, Ipanema. Tel.: 2267-3750. Quinta e sexta, às 20h. Entrada: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia). Até 29 de novembro.

Exposições

Favelagrafia

No 2º andar do Museu de Arte Moderna, uma câmara escura expõe 53 fotografias, de nove artistas, de diferentes favelas do Rio, em diversos focos de interesse e cada qual com técnica e estilo e próprios. Em duas paredes, nove vídeos contínuos mostram o processo criativo de cada artista.

MAM. Av. Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo (altura do Castelo). Tel.:3883-5600. Terça a sexta, das 12h às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h30.Entrada: R$ 14 (inteira) / R$ 7 (meia). Ingresso-família (aos domingos): R$ 14, para cinco pessoas. Grátis às quartas-feiras. Até 8 de dezembro

(Foto: João Pequeno)

Força Leveza Precisão

A mostra temática reúne esculturas modernas, todas feitas em aço, com diversas técnicas, estilos e conceitos, por Franz Weissmann (1911-2005), Amilcar de Castro (1920-2002) e Waltercio Caldas (1946). 

MAM. Av. Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo (altura do Castelo). Tel.:3883-5600. Terça a sexta, das 12h às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h30.Entrada: R$ 14 (inteira) / R$ 7 (meia). Ingresso-família (aos domingos): R$ 14, para cinco pessoas. Grátis às quartas-feiras. Até 8 de dezembro

Carlos Vergara – Prospectiva

O artista compõe o ambiente do segundo andar do MAM com traços e cores de monotipias (gravuras tiradas de uma só impressão) feitas em Santa Teresa, onde mora; no Cais do Valongo, na Zona Portuária, e durante viagens, de grandes quadros a pequenos sudários que, lado a lado, formam painéis e mosaicos.

Museu de Arte Moderna. Av. Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo (altura do Castelo). Tel.: 3883-5630. Terça a sexta, das 12h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h. Até 12 de janeiro de 2020. Entrada: R$ 14 (inteira) / R$ 7 (meia). Grátis às quartas-feiras.

Egito Antigo – do Cotidiano à Antiguidade

Cerca de 140 peças, sendo 89 do Museu Egípcio de Turim, trazem para os dias de hoje tumbas, sarcófagos, desenhos e objetos pessoais que ajudam a entender a cultura, a ciência e a vida cotidiana no Egito dos faraós, de 4.000 a.C a 30 a.C.

CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro (em frente à Candelária). 

Tel.: 3808-2000. Quarta a segunda, das 9h às 21h. Até 27 de janeiro. Entrada gratuita.

Exposição cultural e tecnológica Brasil-China

Painéis com dados históricos e vídeos mostram a chegada dos chineses ao Brasil no século XIX até a atualidade das relações entre os dois países, na exposição, que ainda terá haverá atividades como oficinas de chás e de máscaras.

Memorial Getúlio Vargas. Praça Luís de Camões, Glória. Tel.: 2205-8191. Terça a domingo, das 10h às 17h. Até 5 de janeiro. Entrada gratuita.

Santo Antônio de Sá: primeira vila do Recôncavo da Guanabara

A exposição reúne 65 peças arqueológicas encontradas na região então conhecida como Recôncavo da Guanabara, em torno da Baía, onde hoje ficam partes de Magé, Guapimirim e Itaboraí. Dentre as peças, 11 foram resgatadas dos escombros do Museu Nacional. 

Caixa Cultural

Av. Almirante Barroso 23, Carioca. Tel.: 3980-3815. Terça a domingo, das 10h às 21h.  Até 8 de dezembro. Entrada gratuita.

Rona Neves – Nódoa

Pinturas e instalações, além de objetos como cadernos de poesias compõem a mostra individual deste artista carioca.

Centro Cultural Municipal Hélio Oiticica

Rua Luís de Camões 68, Praça Tiradentes. Tel.: 2242-1012. Segunda a sábado, das 12h às 18h. Entrada gratuita.  Até 30 de novembro.

Luiz Aquila – 3º Milênio

O orientador artístico da Geração 80 expõe 30 pinturas feitas por ele nos últimos dez anos. 

Museu Nacional de Belas Artes. Av. Rio Branco 199, Cinelândia. Tel.: 3299-0600. Terça a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h. Ingressos: R$ 8 (entrada gratuita aos domingos). Até 1º de dezembro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui