Foto: Divulgação


Com uma atriz no papel originalmente masculino do príncipe da Dinamarca, a Armazém Companhia de Teatro aporta na Fundição Progresso, onde encena sua montagem de “Hamlet”, iniciada em 2017, quando faturou algumas das principais premiações da dramaturgia brasileira, além de elogios de críticos como Lionel Fischer e Macksen Luiz.
Fundição Progresso

Melhor atriz no Prêmio Cenym, Patrícia Selonk interpreta a princesa da Dinamarca na adaptação escrita pelo diretor Paulo de Moraes, cm traduções de Maurício Arruda Mendonça, para a obra nº1 de William Shakespeare – e do teatro da era cristã –, com o intuito de libertar Hamlet de sua “loucura fingida”, sem simular insanidade e, assim, sem esconder seus planos. 

Em suas palavras, sobre“a história da destruição de uma ordem estabelecida”, Moraes descreve a Hamlet sem dissimulação como “um sujeito destrutivo, atormentado e letal”, ao absorver a loucura dos jogos  políticos de seu tempo. 

Além da atriz principal, “Hamlet” faturou prêmios como Cesgranrio de melhor iluminação (para o consagrado Maneco Quinderé), Shell de melhor cenário (do próprio Paulo de Moraes, junto com Carla Berri), e melhor atriz coadjuvante, para Lisa Eiras, que encarna Ofélia – objeto do desejo de Hamlet.

O elenco ainda tem Isabel Pacheco interpretando Gertrudes (viúva e mãe de Hamlet), Ricardo Martins no papel de Claudius (que se casa com ela) e Marcos Martins, nos papéis de um coveiro e também de Polonius (conselheiro de Claudius e pai de Ofélia), além de Jopa Moraes e Luiz Felipe  Leprevost em três papéis, cada. Adriano Garib faz uma participação em vídeo como o Espectro que dialoga com Hamlet.

A temporada carioca, iniciada nesta semana, segue até 1º de setembro, sempre com apresentações às 19h30 (quintas, sextas e sábados) e às 18h (domingos). Entrada: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia). Duração: 140 minutos (com dez de intervalo). Capacidade: 120 espectadores. Ingressos na bilheteria ou online, pelo site Sympla
HAMLET – Armazém Companhia de TeatroComeça: Quarta, 07 de agosto de 2019, 19h30 Termina: Domingo, 01 de setembro de 2019, 18h

Cardápio italiano contemporâneo

Com três a quatro sessões diárias, vai até a próxima quarta-feira (14), no Espaço Itaú de Cinema, na Praia de Botafogo, a 8¹/² Festa do Cinema Italiano. Curiosamente, o clássico de Federico Fellini que dá nome ao festival não está na programação, focado em produções atuais.

Um dos destaques, “Bangla”, lançado neste anos, tem o ator Phaim Bhuiyan dirigindo e protagonizando seu próprio argumento. De forma autobiográfica, com adaptações, ele vive o papel de si próprio: um jovem de Bangladesh que vive com os pais imigrantes em um subúrbio de Roma, onde se apaixona por uma local – e é correspondido. O tabu, no caso, recai sobre ele, cuja família deseja que  ele se case com uma bengali e, conforme a norma islâmica, só faça sexo depois de se casar. 

Outro filme que chama a atenção, “Silvio e Os Outros”, do ano passado. O trailer já começa com o eletrizante rockão “Down In The Street”, dos Stooges, de Iggy Pop, para a trama dirigda por Paolo Sorrentino, baseada nas curtições do empresário e ex-premiê italiano Silvio Berlusconi em mansões e iates, com champanhe a rodo e garotas escolhidas a dedo. Que onda, que festa de arromba.
Silvio e os Outros – Trailer Oficial UCI CinemasSilvio e os Outros – Em exibição nos cinemas UCI a 6 de Dezembro. Viveu no nosso imaginário pelo poder do seu im…

8¹/² Festa do Cinema Italiano. Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo, 316). Entrada: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia). 

Programação: 
Sexta (9)
14h: Dafne
16h20: Caravaggio 
18h40: Desafio de um Campeão
21h: Noite magica

Sábado (10)
15h: O Melhor da Juventude (Parte 1) 
18h40: Bangla
21h: Silvio e os outros 

Domingo (11)
15h: O Melhor da Juventude (Parte 2)
18h40: Lucia Cheia de Graça 
21h: Euforia

Segunda (12)
14h: Bangla 
16h: Michelangelo 
18h: Silvio e os outros 
21h: Desafio do Campeão

Terça (13)
14h: Caravaggio 
16h: Noite magica
18h40: Lucia Cheia de Graça
21h: Dafne 

Quarta (14)
14h: Bangla’
16h: Silvio e os outros
19h: Desafio de um Campeão 
21h: Entre Tempos?’

Festival de dança celebra no Municipal – É R$ 1 aí!
Maior festival itinerante do país (e com etapas internacionais, inclusive), o Dança em Trânsito vai até a próxima semana, com atrações em diversos teatros e rua, inclusive. Neste fim de semana, o destaque é a volta do Festival Tápias, embutido ao Dança em Trânsito, com participação de diversas escolas de dança locais. Neste sábaado (10), a Petite Danse e a Lyceu Escola de Dança se apresentam no Teatro Riachuelo (Rua do Passeio, 38/40, Cinelândia. Tel.: 3554-2934), com abertura da Cia. Jovem de Ballet do Rio de Janeiro (foto), a partir das 11h, com entrada a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). 

No domingo, com todos os ingressos a R$ 1 a entrega dos prêmios do Festival Tápias acontece às 17h, no Theatro Municipal (Praça Floriano s/n°, Tel.: 2332-9245), com participação dos vencedores, da companhia Marta & Kim, de Amsterdã, e do Corpo de Baile do Theatro Municipal.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui