Rio das Ostras, Casimiro de Abreu e Silva Jardim terão investimentos de R$ 70 milhões do Estado do Rio

O colégio Estadual Maurício Medeiros de Alvarenga, em Rio das Ostras, terá as obras de reforma retomadas. A previsão é de atender 800 alunos por turno

Cláudio Castro -assina ordem de início das obras e termo de cooperação técnica em Casimiro de Abreu / Foto: Felipe Bragança

A Baixada Litorânea do Rio de Janeiro receberá mais de R$70 milhões em investimentos do Governo do Estado do Rio de Janeiro. O governador Cláudio Castro (PL) e o secretário de Infraestrutura e Obras, Rogério Brandi, estiveram nesta quinta-feira (23), em Rio das Ostras, Casimiro de Abreu e Silva Jardim para assinar ordens de início de obras e termos de cooperação técnica para obras de infraestrutura em tais cidades.

Rio das Ostras foi primeira cidade visitada pela comitiva estadual, que contou com apoio do presidente da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Max Lemos. Na cidade serão retomadas as obras de reforma e construção do Colégio Estadual Maurício Medeiros de Alvarenga, desativado desde 2015. A nova unidade poderá atender 800 alunos por turno, nas suas 20 salas de aula com capacidade para 40 alunos cada. A escola contará com biblioteca, laboratórios de ciência e informática, sala de artes e auditório. Pessoas com problemas de mobilidade também serão contempladas na nova unidade, que contará com rampas especiais. Ao todo serão investidos R$19,7 milhões para a realização das obras, que serão executadas pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), através da Empresa de Obras Públicas do Rio de Janeiro (Emop-RJ).

À tarde, Cláudio Castro e Rogério Brandi cumpriram agenda na cidade de Casimiro de Abreu para lançar as obras de infraestrutura a serem realizadas no bairro São Sebastião. No local serão feitos serviços de esgotamento sanitário, com drenagem e pavimentação nas ruas Ramon Machado da Costa, Túlio Antônio Pereira Ramos Filho, Luciano Soares, Nerito Rosa, Itamar Ramos dos Santos e Dirceu Ligabo. Com previsão de conclusão para 180 dias, as intervenções na cidade serão da ordem de R$3,9 milhões.

Também em Casimiro de Abreu – no 2º Distrito de Barra de São João – foi assinado um termo de cooperação técnica junto à prefeitura local para execução de obras de drenagem e pavimentação no Bairro São João, onde  serão investidos R$34,8 milhões para a realização de microdrenagem e pavimentação de 38 ruas e construção de passarelas para atender os moradores durante as intervenções.

No início da noite foi a vez de Silva Jardim receber a comitiva estadual que assinou um Termo de Cooperação Técnica para drenagem e pavimentação de diversas Ruas do Bairro Romanópolis. A previsão de investimentos para tais intervenções é de R$10,2 milhões.

O governador Cláudio Castro destacou o novo momento que o Estado do Rio vive, através da interiorização de investimentos.

“É muito bom vir aqui para cumprir o compromisso firmado com essas cidades. Não para prometer, mas para dizer que as obras começam amanhã, tanto a da escola em Rio das Ostras, como as melhorias em urbanização para o bairro São Sebastião. Nossa missão é ajudar todos os municípios a se desenvolverem de forma igualitária”, disse o governador.

O secretário de Infraestrutura e Obras, Rogério Brandi, destacou a importância dos investimentos na Baixada Litorânea, especialmente em equipamentos educacionais.

“Construir pontes é bom e asfaltar ruas também. Mas quando iniciamos obras em uma escola é uma sensação muito especial, pois é através da educação que criamos oportunidades e um futuro melhor para o nosso país. Por isso, hoje é um dia pra ficar marcado, pois estamos retomando uma obra importantíssima que estava esquecida há anos em Rio das Ostras. Além disso, estamos levando mais dignidade, comodidade e qualidade de vida para moradores de Casimiro de Abreu e Silva Jardins com obras de saneamento, drenagem e pavimentação”, explicou Rogério Brandi.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui