Orla de Copacabana - Foto: Andre Coelho/Getty Images

O infectologista Julio Croda, pesquisador da Fiocruz,  em entrevista à CNN, afirma que o estado do Rio de Janeiro é o mais preocupante em relação à uma eventual segunda onda da pandemia causada pelo Coronavírus.

“O caso do Rio é especialmente preocupante porque não acho que eles estão se preparando adequadamente para a segunda onda, assim como a população também não tem uma adesão adequada [às medidas preventivas]”, apontou.

Segundo Croda, a falta de isolamento social e os problemas estruturais na rede pública de saúde podem colocar o estado em alerta em caso de aumento expressivo de novas infecções por Covid-19.

“O Rio de Janeiro viveu crises na saúde muito intensas, com desvios importantes de recursos e isso fez com o que estado tivesse a maior letalidade entre todos do país. O Rio sofreu tanto quanto o Amazonas, Pará e Ceará”, ressaltou o infectologista.

48 COMENTÁRIOS

  1. Joubert Nascimento
    19 de outubro de 2020 at 20:00
    Precisamos separar as duas coisas!Primeiro que a doença realmente existe e tem que se tomar cuidado!Segundo que houve e ainda há uma exploração muito grande por meio da mídia pilantra que existe nesse país!E também por muitos políticos safados!Então,precisamos tomar cuidado com a doença e com os pilantras que tentam usar essa pandemia para se darem bem!

    Responder
    Paulo R F G
    20 de outubro de 2020 at 19:07
    Correto, e mais , tomar cuidados também contra os irresponsáveis que subestimam a doença expondo a própria família, as pessoas profissionais que trabalham no combate, e todos ao redor, e ainda vêm a uma matéria útil demonstrar que são altamente idiotas em seus comentários, pois que , nem precisava um infectologista alertar, ou seja, qualquer cidadão de capacidade mental normal interessado nas informações pode perceber que é real a probabilidade de uma nova onda de infecções em qualquer país, como já ocorre na Itália, França, Portugal, e vários outros paises.

  2. Engraçado é que quando um cientista da Fiocruz fala, vem um monte de imbecil dizer que ele não tem embasamento. Mas se é o bozo que fala, eles acreditam!

  3. Milton S. Correia , na Europa também caíram os números de infectados e óbitos, e agora ?
    Edna , uma pessoa isolada em um lugar fechado pode ter informação do planeta todo , vc nunca ouviu falar em ” online ” ?
    Imagino os dois em aglomerações com máscaras no nariz ou no queixo.

  4. Como se apenas um infectologista estivesse dizendo, como se as autoridades em saúde não estivessem todas em uníssono, como se os bares e restaurantes não se achassem lotados, e as praias idem, e os decretos regulando a flexibilização não fossem diariamente ignorados, e o sistema de saúde do Estado já não se encontrasse em profunda crise administrativa antes mesmo do pior acontecer, como se um vírus como esse (ainda segundo se tenha pronunciado qualquer autoridade no assunto) fosse embora e pronto; e ainda vamos ter de ouvir falar em “comunistas”?! É dose! É atraso!

  5. A única coisa que me deixa esclarecido é a ignorância e falta de educação dos comunistas nos comentários desta “notícia” escrita aliás, por um comunista.

  6. Com essa pandemia que e real, alguns idiotas fingem nao entender e metem politica no meio. Povo estouvados, governo incompetente e mal intencionado. Importante: no Rio, para o bem e para o mal não tem só cariocas….acordem antas…

  7. Isso é um informe ou uma informação , baseado em que dados ele chegou a esta conclusão , infectologista da Fiocruz dando uma notícia a CNN , esse ” doctor ” conseguiu esses dados em algum bairro na zona oeste do Rio de Janeiro , no final de semana ?

  8. Não acredito NISSO. No Rio de Janeiro, muitos ainda usam máscara e os índices estão caindo… Isso é disseminar Pânico.. Vocês vão ver a 2a Onda é, em 2022….

  9. O Rio de Janeiro é o resumo mais sórdido do Brasil. Tudo por aqui é o pior possível, menos a natureza, mas nem nossas belezas naturais têm resistências a tantas depedrações por um povo bisonho.

  10. Precisamos separar as duas coisas!Primeiro que a doença realmente existe e tem que se tomar cuidado!Segundo que houve e ainda há uma exploração muito grande por meio da mídia pilantra que existe nesse país!E também por muitos políticos safados!Então,precisamos tomar cuidado com a doença e com os pilantras que tentam usar essa pandemia para se darem bem!

    • Correto, e mais , tomar cuidados também contra os irresponsáveis que subestimam a doença expondo a própria família, as pessoas profissionais que trabalham no combate, e todos ao redor, e ainda vêm a uma matéria útil demonstrar que são altamente idiotas em seus comentários, pois que , nem precisava um infectologista alertar, ou seja, qualquer cidadão de capacidade mental normal interessado nas informações pode perceber que é real a probabilidade de uma nova onda de infecções em qualquer país, como já ocorre na Itália, França, Portugal, e vários outros paises.

    • O Covid 19 irá durar enquanto o gado bolsominio, imbecil, mesquinho e genocida no Bozo continuar andando sem máscara e pregando a contaminação em massa ( leia-se extermínio em massa, tipo como os nazistas fizeram nos campos de concentração). Maior que a tragédia do Covid 19, (que com apoio dos governantes e principalmente do presidente e seu rebanho), matou quase 200.000 é a estupidez bolsominia!

  11. Este é o Brasil, da total falta de educação, a começar, pelos governantes, de modo geral,tá gente ignorante, esse país nunca e tempo algum seremos uma grande nação… País , que não cuida dos seus idosos, da educação , o que vcs querem ???? Procuro dar o máximo de educação aos meus filhos, faço minha parte, de cidadão, e pai de família.

  12. Legal ver um monte de pesquisadores aqui deixando suas opiniões científicas, comprovadas através de muito estudo. Galera, quem não for da área, pode guardar suas opiniões baseadas em achismo ou zapismo para os próprios, não pratiquem a desinformação.

  13. Segunda onda???? Na Europa tem segunda onda porquê lá houve quarentena.
    Aqui não houve quarentena, já atingimos a imunidade de rebanho. Não houve distanciamento nas comunidades, no transporte público, etc.
    Não terá segunda onda nem no Rio e nem no Brasil.

  14. Pô, amados, tá cheio de gente malcriada que nao leu a matéria direito nem interpretou. Gente, só um toque: ninguém tá apontando o dedo na cara alheia mandando “ficar em casa” sem trabalhar. Notem bem: este ficar em casa se refere a SE PRESERVAR: precisa trabalhar? Então vá, com cuidado e parcimônia. Mas é pra evitar aglomerações como bares, praia lotada, piscinas publicas, clubes, festinhas, festonas etc. Vejo pela minha vizinhança, é bailão todo fds, aglomeração nos clubes, como se não houvesse amanhã. Este é o GRANDE problema no Rio – o povo aqui NÃO TÁ se resguardando nos fins de semana, parece acreditar que o virus morreu (só que nao!!!). Vamos parar de atraso e ignorância e confiar na ciência – é o melhor que temos pra sair desta!

  15. Gente, nós precisamos acreditar nos pesquisadores como a Cristiane e não nos políticos. Para eles quanto mais pobre morrer, melhor. Oartem do princípio que idosos, doentes crônicos e pobres em geral não servem para nada. Tem muito sobrando na opinião deles. Se morrer a metade dos idosos, pobres e inválidos, melhor para a economia no entender deles. O governo tinha obrigação de manter o orçamento das micro, pequenas e médias empresas que não pidem abrir as portas, ajudando a manter as condições de vida dos trabalhadores forçados a ficarem em casa. Devia proteger os que estão sendo injustamente demitidos pela ganância de grandes empresários. Quando perguntaram se o governo ia ajudar, o Sr. Paulo Guedes na sua insensibilidade habitual disse que o governo tinha que ajudar os ricos, não ficar gastando dinheiro com pobre e empresário pequeno. É a inversão da lógica do papel do estado e de todos os princípios de moralidade e humanidade. Não se pode pôr a culpa nos cientistas.

  16. A hora que alguém aí que mandar eu ficar em casa, mandar o dinheiro das minhas contas e levar comida pra dentro da minha casa eu fico em casa. É fácil mandar ficar dentro de casa sem saber as condições dos outros

    • Quanta ignorância. Ficar em casa é para preservar a saúde e se for trabalhar, tomar cuidado. Problema é querer ter uma vida normal em Pandemia, como ir a Praia e ir ao trabalho. E o vírus esta pouco se importando se você acredita ou se vc trabalha…se você não se cuidar, irá pegar.

  17. Eu respeito o isolamento, respeito o distanciamento, uso máscara, saio com meu álcool. Exijo respeito, pois estou fazendo minha parte. Até as lojas agora deixam o álcool na porta pra própria pessoa borrifar, um absurdo, todo mundo pega no mesmo frasco. Mas como aqui na baixada e na capital já descobriram a vacina, isso não afeta a eles. Na minha rua é tanta festa, tanto aniversário q qdo terminar o ano quem tinha 30, vai estar com uns 45.
    As ruas mais lotadas q épocas festivas, povo está louco, parece q nunca viu nada.
    Eu fico em casa, faço o correto, pois cuido de mim.

  18. Segunda onda na Europa é por causa do outono e início do inverno daqui a algumas semanas, onde o vírus tem um ambiente mais favorável, estamos na primavera e caminhando em direção ao verão, o ambiente quente é péssimo para o vírus, além do mais aqui no Rio acredito que a imunidade de rebanho está acontecendo, NÃO VAI HAVER SEGUBDA ONDA!!

  19. E estou de acordo com a Cristiane, pois sei q os pesquisadores estão trabalhando mto. É uma carreira q merece respeito, só acho q deveriam estudar e fazer a vacina do próprio país. A vacina da China é mto forte pra ser aplicada aqui, pois a alimentação deles fogem completamente do nosso padrão. É por isso q morreram 5 cobaias em SP dessa vacina, a mídia não vai divulgar isso, mas sou contra essa vacina chinesa.

  20. Novidade nenhuma… E dessa vez a culpa não é dos governantes, não sou a favor de nenhum deles. Pra q hospital de campanha? Todos têm um excelente plano de saúde, pois não estão nem aí, parece q nada está acontecendo. Povo irresponsável, sem cultura e educação… não respeita o distanciamento, sequer usam máscara, aliás, a máscara em Nilópolis e em todo Rio virou acessório, pois ela pode estar em qq lugar, menos onde deve estar. Praias lotadas, shoppings, bares, comércios… pessoas andando à toa nas ruas.

  21. Quanta ignorância! “Pesquisadores não sabem de nada”? “Pesquisadores não estão indo trabalhar”. Então vc que sabe? Inclusive vcs que sabem quem está e não está trabalhando?
    Eu sou pesquisadora. Estudei, trabalhei e trabalho muito para uma pessoa que não sabe nada da pesada rotina de um pesquisador vir aqui e ACHAR que sabe mais da ciência que faço do que eu! É a lógica invertida ou falta de lógica que impera hoje no Brasil! E se vc se baseia em fatos e evidências, vc ainda pode ser tachado de comunista! Que absurdo!

  22. Os cientistas diziam no início da pandemia que o vírus não se proliferava bem em temperaturas acima dos 25°C, que ele se sentia mais “confortável” no frio. A segunda onda na Europa está coincidindo com período outono/inverno e a desaceleração aqui com o aumento da temperatura.

    • Orlando, isso nunca foi um fato comprovado pela ciência. Esse mito foi reproduzido desde o início da pandemia. Junto com outros mitos. Mas nunca foi confirmado pela ciência. Inclusive foi refutado em estudos publicados.
      O vírus pode ficar ativo em temperaturas até abaixo de zero.

  23. É ingraçado, já que aqui no rio tem tanta chance de voltar essa o da do vírus chinês,poruqe então os governantes estão desmontaram os hospitais de campanha? porque não deixam montados para a população? queria muito uma resposta!!

  24. Concordo com o que falam de uma possível segunda onda.
    População não está nem aí para o vírus. Só quer saber de se divertir.
    Pessoas continuam morrendo, imunidade só existe em cabeça de políticos.

  25. O virus continua o mesmo, e continua à solta. Nenhum fato novo. Se relaxar o isolamento, as mortes vão voltar a subir. Na França a curva de contágio diminuiu, aí o povo relaxou o isolamento… Agora voltou a ter que radicalizar novamente.
    É muita burrice tapar o sol com a peneira. CONTINUEM EM CASA !!! Sem vacina, nada é seguro. Vivemos com medo de morrer de falta de ar…

  26. É mesmo? Qual é o objeto de pesquisa desse senhor? Se ele está fechado em casa, não está sabendo de nada. Essa conversa já está ultrapassada! Deviam trazer notícias mais relevantes, baseadas em fatos e, não, em opiniões.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui