Foto: Divulgação

De acordo com o Alexandre Chieppe, porta-voz da Secretaria de Estado de Saúde, o estado do Rio de Janeiro pode registrar mais casos de sarampo este ano do que no ano passado.

“É possível que o número de casos registrados neste ano supere o de 2018. Isso se deve ao surto que está acontecendo no estado de São Paulo, que é nosso vizinho, e ao fato de ainda estarmos no inverno, que é o período de maior contágio da doença”, disse Chieppe.

Em 2018, o Rio registrou 20 casos confirmados de sarampo em seus 92 municípios. Este ano, 13 pessoas ficaram doentes até o momento: 10 em Paraty, duas em Nilópolis e uma na cidade do Rio. Além das ocorrências confirmadas, há outras cinco sob suspeita na Baixada Fluminense.

Desde o último dia 1º, o Rio se encontra em estado de alerta contra o sarampo. Mal-estar geral, febre, tosse, coriza e manchas vermelhas são alguns dos sintomas da doença, que pode ser contraída por contato com pessoa infectada.

A recomendação da Secretaria de Estado de Saúde é que crianças a partir de 1 ano e adultos até 49 anos que não se vacinaram procurem os postos municipais. Quem estiver em dúvida se já recebeu ou não a dose pode tomá-la de novo sem maiores problemas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui