Estado do Rio apresenta alta na produção de aço / Reprodução: Internet

O último relatório elaborado pelo Instituto Aço Brasil revelou que a média mensal de produção de aço bruto no Rio de Janeiro, no segundo trimestre de 2021, foi de 894 mil toneladas, atingindo a máxima no mês de maio, com 928 mil toneladas. O Rio de Janeiro representa 28,7% de participação no mercado nacional.  No acumulado do semestre, o estado produziu 5,225 milhões de toneladas da matéria-prima.

O primeiro semestre de 2021 apresentou uma expansão de produção da ordem de 24%, na comparação com o mesmo período de 2020, saltando para 18,1 milhões de toneladas produzidas. No que diz respeito às vendas internas, o período compreendido entre janeiro a junho deste ano, apresentou 12,1 milhões de toneladas de aço produzidas: uma alta de 43,9% frente ao mesmo período de 2020.

Segundo o levantamento do Aço Brasil, tais resultados evidenciam que o mercado está plenamente abastecido, com consumo aparente de produtos siderúrgicos na casa de 14 milhões de toneladas no acumulado até junho. O que representa uma alta de 48,9% em relação ao primeiro semestre do ano anterior.

Segundo o Instituto, o mercado registra uma tendência de expansão contínua da produção de aço em território nacional, além de um aumento nas expectativas para o crescimento da atividade do setor. De acordo com os prognósticos do segmento, a produção do aço bruto deve crescer 14%, em 2021, diante de uma estimativa anterior de de 11,3% de expansão. As vendas internas e o consumo também tendem a aumentar, segundo avaliação técnicas do setor. Quanto às vendas é esperado que avancem 18,5%, diante da projeção anterior de aumento de 12,9%. Em relação ao consumo, deve haver um incremento de 24,1%, diante do que havia sido anteriormente previsto, ou seja, uma elevação de 15%.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui