Barreira sanitária comandada pelo Detro na altura do Into, na Avenida Brasil - Foto: Reprodução/TV Globo

Para tentar evitar a circulação de ônibus e vans de outros municípios durante o ”superferiado” de 10 dias que ocorrerá até o Domingo de Páscoa (04/04), o Rio de Janeiro amanheceu nesta sexta-feira (26/03) com barreiras sanitárias em variados pontos.

Desde às 06h30, fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários Estadual (Detro) estão em variados locais para evitar que veículos de turismo entrem no RJ. Além disso, eles verificam se as pessoas estão utilizando máscaras e álcool gel. A atuação deles, apoiados pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar, ocorre em 7 entradas da capital e também nos limites do estado.

De acordo com o coronel Alexandre Silva Pimenta, diretor-técnico operacional do Detro, o trabalho consiste na verificação do cumprimento das regras do decreto estadual, entre elas, o veto ao fretamento de ônibus intermunicipais e interestaduais, exceto de transporte de trabalhadores.

”Estamos verificando tudo que foi determinado no decreto do governador, quanto ao excesso de passageiros, às condições de higiene, ou seja, para que tudo que foi determinado seja cumprido à risca”, disse, para depois complementar.

”No caso dos ônibus de fretamento, podem passar apenas aqueles que estejam prestando serviço para as empresas de serviços essenciais. Turismo ou qualquer outro tipo de locomoção para a cidade descumprindo o decreto não vai ser autorizado a entrar”, explicou.

Vale ressaltar que os motoristas que não respeitarem as normas durante os 10 dias podem ser multados e ter o veículo apreendido. ”Em função de cada infração que for detectada, eles [motoristas] serão autuados, havendo a multa correspondente e, em último caso, até a apreensão do veículo”, reforçou Alexandre.

Prefeitura do Rio também age

Além dos bloqueios implementados pelo Poder Executivo Estadual, a Prefeitura do Rio também colocou os seus, em 3 pontos da cidade.

  • Linha Amarela, na altura da saída 4, sentido Barra da Tijuca;
  • Trevo das Missões, próximo a Duque de Caxias;
  • Avenida das Américas, na Grota Funda, sentido Barra.

Barreiras em outras cidades turísticas

Além da capital, outros 11 municípios com grande demanda turística também têm barreiras sanitárias.

  • Armação dos Búzios;
  • Arraial do Cabo;
  • Cabo Frio;
  • Casimiro de Abreu;
  • Nova Friburgo;
  • Petrópolis;
  • Rio das Ostras;
  • São João da Barra;
  • São Pedro da Aldeia;
  • Saquarema;
  • Teresópolis.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui