Foto: Passeio de Veleiro

De acordo com dados da Marinha do Brasil (MB), analisados pelo Instituto Rio21, a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRIOJ) foi a organização militar (OM) com o maior número de veleiros em 2020. Estavam registrados 5.558 veleiros. A segunda OM com a maior quantidade de veleiros registrados foi a Capitania dos Portos de São Paulo (CPSANT), que contava com 2.559 veleiros, o equivalente a menos da metade dos veleiros do Rio de Janeiro.

Número de veleiros, por organização militar. Fonte: MB. Elaboração: Instituto Rio21

Dentre as embarcações mais numerosas da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro estão lanchas, botes, veleiros e motos-aquática. Em 2020, haviam 17.884 registros de lanchas. O segundo tipo de embarcação mais registrado na CPRIOJ foi bote, que contou com 6.827 registros, valor 2,6 vezes menor que de lanchas. Em seguida, a terceira embarcação mais popular foram os veleiros e a quarta, a moto-aquática, com 4.451 registros.

Número de embarcações, por tipo. Fonte: MB. Elaboração: Instituto Rio21

Ao longo dos últimos 10 anos, o número de veleiros registrados na CPRIOJ sofreu um pequeno aumento. De 2011 para 2020, o crescimento foi 3,3%, um acréscimo de 175 embarcações.

Número de veleiros, por ano. Fonte: MB. Elaboração: Instituto Rio21

Por sua vez, o crescimento de embarcações totais registradas na CPRIOJ foi mais significante. Com uma taxa de crescimento de 15,4%, o número de embarcações foi de 51.197 em 2011 para 59.089 em 2020, caracterizando uma diferença de 7.892 embarcações.

Número de embarcações, por ano. Fonte: MB. Elaboração: Instituto Rio21

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui