Cocotte Cristo Redentor - Juliette - foto Oseias Barbosa

Juliette não é apenas uma integrante do BBB21, agora também é um bistrô francês que abre as portas no terceiro andar do Rio Design Leblon. Com ar cosmopolita, o cardápio é autoral, criativo, contemporâneo, sazonal e explora ingredientes frescos e locais. Com estilo Art Déco, é inspirado nos bistrôs franceses das principais capitais gastronômicas como Paris, Nova Iorque, Londres e Berlim.

O menu é uma cocriação da restauratrice e sommelière carioca Sálua Bueno com a chef goiana Patrícia Rosa. De suas incursões mundo afora – como uma imersão por quase dois meses na cidade de Lyon, na França -, Sálua trouxe na bagagem a vontade de desenvolver um espaço charmoso, aliando sabor, personalidade e acolhimento. Para dar vida ao novo negócio, contou com a consultoria de Patrícia Rosa, que estudou nas renomadas esco­las Apicius International School of Hospitality, em Firenze, e Ferrandi L’école Française de Gastronomie, em Paris, passando ainda por um dos empreendimentos do português José Avillez, o Bairro do Avillez, onde mergulhou na cozinha ibérica, uma de suas paixões.

Do repertório de viagens e pesquisas feitas por ambas, surgem sugestões leves e frescas, muitos crudos, assiettes, opções veganas e vegetarianas, e destaque para dois carros-chefes: as cocottes e os vol-au-vent. “Nosso maior objetivo é conceber um lugar que combine leveza, beleza e sabores únicos. Do ambiente à cada detalhe dos pratos, tudo é pensado para trazer conforto e uma experiência prazerosa. Queremos reunir pessoas que amam brindar as coisas boas da vida”, declara Sálua.

Tipicamente francesas, as cocottes aparecem em três versões e vêm acompanhadas por focaccias artesanais de fermentação lenta: Edifício Biarritz – creme de queijo Gruyère, ovo, tiras crocantes de bacon e cubos de batata doce (R$ 32,00); Cristo Redentor – camarões ao creme bechamel, champagne e uvas verdes confit (R$ 36,00); Cassino Atlântico (vegetariana) – de cogumelos Paris e shitake, creme de parmesão e farofa de noz pecã (R$ 29,00).

Já o vol-au-vent, massa folhada em forma de cestinha, ganha recheios variados: Empire State – foie de frango orgânico ao vinho marsala com merengue e pó de framboesa (R$ 32,00), Music Hall (vegetariano) – cogumelos com creme boursin e molho funghi (R$ 29,00) e Teatro Carlos Gomes – versão Juliette do croque monsieur – com bechamel, Gruyère e presunto chamuscado (R$ 32,00). No cardápio, existem também opções refrescantes como o Bryant Park – tartar de atum com salsa de manga, creme de iogurte e pó de alga (R$ 36,00). 

Ainda abrindo o apetite destacam-se os assiettes, como o Juliette, que combina caponata, creme Boursin com limão siciliano, duo de queijos artesanais brasileiros com geleias, mel cru e charcuteries do dia (R$ 39,00) e a versão vegetariana que leva ragu de cogumelos (R$ 39,00).

Há também deliciosas saladas, como a Hotel Guimard – morna de couscous marroquino ao curry com legumes, uvas verdes, cebola roxa e frango confit ao leite de coco (R$ 42,00), a Le Grand Rex (vegetariana) – com folhas, figos grelhados ao caramelo balsâmico, trufas de queijo de cabra com especiarias e amêndoas laminadas (R$ 49,00) e a La Samaritaine (vegetariana) de abóbora assada com grãos de cominho, mel orgânico, mix de folhas e lascas de parmesão (R$ 39,00). 

Da seção “bistrô” saem criações como o Louxor Cinema – duo de cavaquinha e camarão com risoto de arroz negro e vinagrete do Algarve (R$ 68,00); Copacabana Palace (vegetariano) – gnocchi de ricota com tomates assados, pesto de manjericão e coulis de alho (R$ 54,00); Casa Marajoara – tilápia aromática na manteiga de ervas, caponata de legumes e abóbora assada ao mel com sementes de cominho (R$ 52,00), Chez Chartier – steak tartar de mignon com batatas calabresas ao murro e mix de folhas (R$ 52,00), Central do Brasil – steak de mignon au poivre com purê rústico e caponata de legumes (R$ 62,00); Casa Daniel – risoni ao beurre blanc com raspas de limão siciliano e atum selado (R$ 59,00), e Porte Dorée (vegano) – mousseline de grão de bico com ragu de cogumelos (R$ 42,00), dentre outras delícias.

Para finalizar docemente, Cinema Roxy – banoffee em taça: mousse de doce de leite com flor de sal, bananas frescas, chantilly e crumble de noz pecã (R$ 29,00); Edifício Guahy – parfait de chocolate e café com merengue e pó de framboesa (R$ 32,00); Edifício Solano – queijo Canastra brulée, creme de goiabada, mousse de mascarpone e crumble de noz pecã com redução de Marsala (R$ 36,00), e Théâtre Champs-Élysées – vol-au-vent recheado com creme de confeiteiro, geleia artesanal de morangos e nozes ao caramelo mascavo (R$ 29,00).

Carta de vinhos

A carta de vinhos recebe tratamento tão especial quanto o menu. Com a curadoria da própria Sálua, traz rótulos selecionados acessíveis e inusitados, de castas menos conhecidas, e mais apropriados ao clima quente do Rio de Janeiro. Por exemplo, brancos jovens e rosés. “Queremos agregar cultura e experiência através das taças também”, conclui a sommelière.

Serviço – Juliette
Endereço: Rio Design Leblon – Av. Ataulfo de Paiva, 270 / 3º Piso – Leblon
Telefone: (21) 3495-9686
Aberto diariamente, das 11 às 22h
Capacidade: 36 lugares

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui