Foto: Andre Coelho/Getty Images

Levantamento da Universidade Federal de Viçosa (UFG), releva que o Rio de Janeiro é a cidade com maior números de mortes por Covid-19. Os dados foram coletados nos últimos 14 dias até o dia 15/12. Durante o período, foram registradas 657 óbitos na cidade.

Além da capital, outros 2 municípios do estado estão entre os mais afetados pelo coronavírus. Nova Iguaçu, na baixada fluminense apresentou 55 mortes, já São Gonçalo, na região metropolitana, teve 52 óbitos.

O município doRio de Janeiro ocupa a segunda posição de maior número de casos registrados nas últimas duas semanas, perdendo apenas para São Paulo. Em matéria noticiada aqui, no DIARIO DO RIO, a Fiocruz já apontava, em seu boletim observatório Covid-19, que a situação do estado é caótica.

De acordo com o pesquisador da Fiocruz Cristovam Icict, “o Rio de Janeiro foi uma das primeiras cidades a iniciar a flexibilização das medidas de isolamento e o reflexo está sendo constatado agora com o aumento de casos”. A instituição também elaborou orientações às prefeituras com o objetivo de frear o avanço da doença.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui