Imagem meramente ilustrativa - Foto: Reprodução/Internet

O momento de pandemia pelo qual estamos passando, como todos sabem, trouxe consigo o isolamento social, uma ”novidade” até então no mundo. E, durante esse período peculiar, enquanto muitos casais que moram juntos aproveitam a situação para estreitar laços e reforçar o sentimento que lhes uniu, outros tentam encontrar escapatórias, até literalmente falando. E um estudo do site Ashley Madison, focado em relacionamentos extraconjugais, realizado entre 21/03 a 01/07 mostra que, das 20 cidades brasileiras com mais inscrições na plataforma durante a quarentena, duas pertencem ao estado do Rio de Janeiro: a própria capital, em 9º lugar, e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, que ocupa a 17ª colocação.

Confira as 20 cidades brasileiras com maior número de inscrições no site de infidelidade Ashley Madison entre 21/03 e 01/07:

01 – Brasília/DF
02 – Manaus/AM
03 – São Paulo/SP
04 – Goiânia/GO
05 – Campo Grande/MS
06 – Curitiba/PR
07 – Guarulhos/SP
08 – Campinas/SP
09 – Rio de Janeiro/RJ
10 – Belo Horizonte/MG
11 – Porto Alegre/RS
12 – João Pessoa/PB
13 – São Bernardo do Campo/SP
14 – São Luís/MA
15 – Salvador/BA
16 – Santo André/SP
17 – Duque de Caxias/RJ
18 – Recife/PE
19 – Teresina/PI
20 – Natal/RN

Segundo Paul Keable, diretor de estratégia da Ashley Madison, os casos extraconjugais virtuais servem como uma válvula de escape para indivíduos que lidam com pressões crescentes no casamento e na vida doméstica. Ele também explica a finalidade do site nas relações durante o período de isolamento.

”Com o aumento das taxas de divórcio nos países que iniciaram a reabertura, oferecemos um caminho alternativo para ajudar as pessoas a lidar e, finalmente, ajudar os casais a preservar o casamento depois que a poeira baixar”, diz Paul.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui