Reunião dos comitês científicos do Rio e Niterói - Foto: Divulgação

Após uma reunião na manhã desta segunda-feira (22/03), os comitês científicos do Rio de Janeiro e de Niterói chegaram ao consenso de que é necessário que apenas serviços essenciais fiquem disponíveis ao público nas respectivas cidades nos próximos dias.

Com isso, ficariam abertos somente estabelecimentos como supermercados, farmácias, pet shops, lojas de material de construção e o comércio atacadista em geral, além de serviços médicos, funerários, locação de veículos e todos os meios de transporte.

A tendência é que ainda nesta segunda as restrições sejam publicadas em Diário Oficial, começando a valer entre quarta-feira (24/03) e domingo (28/03). Isso, porém, pode acabar gerando um embate judicial com o Poder Executivo Estadual, uma vez que o governador em exercício, Cláudio Castro, é contrário a um endurecimento tão rígido assim nas medidas.

No último final de semana, vale lembrar, Castro e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, estiveram reunidos e não chegaram a um denominador comum em relação ao assunto.

O que deve fechar no Rio e em Niterói, de acordo com recomendações dos respectivos comitês científicos

  • Bares, restaurantes e lanchonetes (delivery e drive-thru podem funcionar);
  • Boates, danceterias e casas de show;
  • Shoppings centers;
  • Academias de ginástica;
  • Museus, bibliotecas e galerias de arte;
  • Salões de beleza;
  • Parques de diversão;
  • Quiosques;
  • Clubes em geral.

1 COMENTÁRIO

  1. Eu apoio os Prefeitos Eduardo Paes e Axel Grael tem que ter LOCKDOWN MESMO,pra conter essa terrivel pandemia. O desgovernador interino subserviente a familia do Planalto nota Zero!! Qqq

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui