Foto Cleomir Tavares/ Diario do Rio

Você sabe o que é um nômade digital? É um tipo de turista que ficou muito em voga devido à pandemia. Nômade digital é um profissional que trabalha online e, portanto, não precisa estar presente em um escritório, cidade ou país em particular. Ele pode trabalhar em qualquer lugar do mundo, desde que tenha uma boa conexão à internet.

Se era algo raro antes de 2020, hoje tem se tornado mais comum. Muitas pessoas descobriram que podem trabalhar de home office, e a casa independe da cidade que esteja. Este é o caso do diretor de compras de uma multinacional, cujo escritório é em São Paulo, mas está morando no Rio para ficar próximo a família. Antes apenas pessoas ligadas à trabalhos online, como designers, jornalistas e fotógrafos conseguiam ser nômades digitais.

O Rio de Janeiro tem apostado em ser um destino dos nômades digitais. A presidente da RioTur, Daniela Maia, por exemplo, é uma entusiasta da ideia e tem feito algumas reuniões sobre o tema. Como ela disse, o Rio é uma cidade aberta, arejada, e é isso que os turistas pós pandemia vão procurar.

Um estudo feito neste mês de maio pelo Club Med (link em inglês)colocou o Rio de Janeiro entre os Top 20 destinos dos nômades digitais. O Club Med analisou os seguintes critérios para considerar os melhores lugares do mundo para nômades digitais:

  • Custo de vida – a média mensal dos custos do dia a dia
  • Segurança – Quão seguras as pessoas estão, levando em consideração os níveis de crime
  • Velocidade média da internet – quão rápida é a conexão de internet da região
  • Número de atividades excitantes – quantas atividades excitantes existem nas proximidades
  • Número de atividades relaxantes – quantas atividades relaxantes existem nas proximidades
  • Diversão – quão “divertida” será a experiência do nômade digital na cidade
  • Locais para trabalhar – o número de cafés e locais de trabalho na cidade

A melhor cidade do mundo é Phuket, na Tailândia, com 299 pontos de 320. O Rio de Janeiro aparece em 14º, com 173 pontos de 220.

  • Custo de vida: 1.096 libras
  • Segurança: 1 (pior pontuação)
  • Velocidade média de internet: 11 MBPS
  • Atividades excitantes: 575
  • Atividades relaxantes: 262
  • Diversão: 5 (melhor pontuação)
  • Locais para trabalhar: 4

Ou seja, se houver um bom trabalho de segurança pública e uma tentativa de apostar em atividades relaxantes, o Rio tem tudo para ser um dos principais pontos de turismo de nômades digitais do mundo. Só cuidar da cidade.

2 COMENTÁRIOS

  1. Termine a desordem urbana que a segurança vem junto. Não é a quantidade de policiais que traz sensação de segurança. É, paradoxalmente, a ausência deles num cenário em que povo seja naturalmente ordeiro nas coisas simples. Há um longo percurso para civilizar o carioca, o fluminense e, em última análise o brasileiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui