Rio Gastronomia terá quiosque com sabores da Amazônia comandado por chef francês

O chef comanda um quiosque com delícias feitas com o pirarucu de manejo selvagem

Les Petits Pots Monnier (Foto: Victor Carnevale)

O chef francês Frederic Monnier participa do Rio Gastronomia deste ano à frente de um quiosque levando o Gosto da Amazônia para o evento. A cozinha de Frederic faz parte da história da gastronomia há 30 anos e é um delicioso passeio entre o que há de melhor na França e no Brasil. Pensando nisso ele preparou pratos com o pirarucu de manejo selvagem exclusivamente para o evento: uma oportunidade única para o público conhecer um pouco sobre o sabor desse peixe super apetitoso! 

O chef – que já esteve na Amazônia para conhecer os benefícios sociais, econômicos e ambientais do manejo do pirarucu selvagem – se inspirou no sabor brasileiro para mostrar que é possível provar o peixe de forma saborosa e em diferentes versões.

Montamos um cardápio que evidencia o sabor e a versatilidade do pirarucu selvagem, trabalhando com o lombo e a barriga do peixe, dois cortes de fácil manuseio e que possibilitam várias formas de preparo. Bolinho de pirarucu, Amazônia fish & chips, e moqueca de pirarucu, tendo como sobremesa um bolo de chocolate com castanha, são ótimas opções para toda a família”, aposta o chef.

O cardápio do quiosque é composto por quatro receitas. E como todo brasileiro ama bolinho de diversos recheios, o chef criou o Bolinho de Pirarucu (R$25/ 3 unidades) servido com molho levemente picante. Outra aposta para petiscar é o Amazônia fish and chips (R$30), um clássico no mundo todo, mas que o chef conseguiu traduzir a alma do brasileiro na receita. Com o peixe branquinho por dentro e crocante por fora, ele é servido com molho jambu. Para quem quiser um prato mais completo, a sugestão é a Moqueca de Pirarucu (R$30), um prato tradicional em que o chef utiliza uma técnica francesa usando o caldo de peixe, que é o que dá o gosto. Para finalizar, o chef preparou bolo de chocolate com castanha (R$20), uma receita que mistura a França com o Brasil, um petit gateau bem macio que leva castanha do Pará e do caju, além de baunilha, com recheio de paçoca e calda de molho inglês com cumaru.

Para mim é o melhor bolo do mundo com gosto do Brasil”, revela Frederic.

Frederic Monnier e Gosto da Amazônia – Moqueca de Pirarucu (Foto: Victor Carnevale)

Frédéric cresceu junto a Charcuterie de seu pai e avô em uma cidade pequena da França. Trabalhou em restaurantes estrelados em Paris, nos grandes buffets franceses que faziam os maiores eventos esportivos do país como Roland Garros e Copa de Mundo de 1998, passou por Praga, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Estados Unidos e, por fim, chegou ao Brasil, onde acabou ficando 3 anos, trabalhando como chef executivo no Restaurante Garcia & Rodrigues. Depois, fixou residência e abriu o seu próprio restaurante, a Brasserie Rosario. Daí em diante foi uma jornada e tanto, trabalhando com eventos como o Carnaval do Rio de Janeiro, Convenções Nacionais, UFC Rio, RockInRio, e muito mais. Formado, desde a infância, com a mais pura tradição da gastronomia francesa, Frédéric Monnier desenvolveu as qualidades que lhe permitiram alcançar a excelência consagrada pelo título de Maître Cuisinier de France em 2013. Preocupado em transmitir este conhecimento, dedica parte de seu tempo na formação de profissionais da gastronomia como Chef Embaixador do Senac. Engajado em uma cozinha responsável e sustentável, o Chef participa ativamente em ações agroecológicas e desenvolve há 10 anos uma alimentação saudável e equilibrada para os alunos do Lycée Moliére do Rio de Janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui