Foto: Reprodução/Internet

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro identificou o terceiro caso na cidade de síndrome gripal por Covid-19 relacionado à variante Delta (B.1 617.2), após sequenciamento genômico. Trata-se de uma mulher de 72 anos, com comorbidades, residente no bairro de Campo Grande, que desenvolveu quadro de síndrome gripal leve e já está curada.

Os dois casos anteriormente identificados são de homens de 27 e 30 anos, residentes dos bairros de Olaria (reside em Olaria e trabalha em Vila Isabel) e Paquetá. A investigação epidemiológica dos três casos está em curso.

A Vigilância em Saúde da SMS-Rio informou que segue fazendo o acompanhamento epidemiológico da pandemia na cidade e, em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde e a Fiocruz, o monitoramento da entrada de diferentes cepas.

Independentemente da variante, as medidas preventivas são as mesmas. A população deve manter o distanciamento, usar máscaras e higienizar as mãos com álcool 70 ou, quando possível, água e sabão; além das demais medidas de proteção à vida.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui