População caminhando na orla da Zona Sul do Rio - Foto: Buda Mendes/Getty Images

A Capital Fluminense inicia nesta terça-feira (21/09) uma nova etapa de flexibilização das medidas restritivas contra o Coronavírus. Uma das determinações do novo decreto é a liberação de eventos em locais abertos com até 500 pessoas estão liberados.

Além disso, também está liberada a realização de competições com a presença de público em estádios e ginásios, desde que os presentes comprovem o esquema vacinal completo. Os locais devem ter 50% da capacidade ocupada.

Outras atividades, como boates e salões de dança continuam proibidos de funcionar até que 65% dos cariocas estejam imunizados com as duas doses, ou com a vacina de reforço, no caso das pessoas acima de 60 anos.

‘Passaporte da Vacina’

Desde o dia 15 de setembro é necessária a apresentação de comprovante de vacinação nos seguintes locais:

  • academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento e de condicionamento físico e clubes sociais;
  • vilas olímpicas, estádios e ginásios esportivos;
  • cinemas, teatros, salas de concerto, salões de jogos, circos, recreação infantil e pistas de patinação;
  • atividades de entretenimento, exceto quando expressamente vedadas;
  • locais de visitação turística, museus, galerias e exposições de arte, aquário, parques de diversões, parques temáticos, parques aquáticos, apresentações e drive-in;
  • conferências, convenções e feiras comerciais.

Bares, restaurantes, shoppings e lojas em geral não foram incluídos no decreto e têm entrada livre desde que respeitando as regras de distanciamento e o uso da máscara.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui