Daniel Soranz | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

O município do Rio bateu neste domingo (21/11) a marca de 12 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19. Outra boa notícia é que a cidade não registrou um óbito sequer por coronavírus neste sábado (20/11). Neste mesmo dia, também não houve internação pela doença nos hospitais municipais.

Nesta segunda-feira (22/11), a vacinação será destinada à dose de reforço para pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose há três meses ou mais e pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há cinco meses ou mais.

A vacinação também é destinada à primeira dose para pessoas com 12 anos ou mais que ainda não foram vacinadas. Pacientes com alto grau de imunossupressão com 12 anos ou mais também podem tomar a dose de reforço.

As unidades seguem aplicando a segunda dose para pessoas com 12 anos ou mais, respeitando o intervalo de cada fabricante: 12 semanas para AstraZeneca, 28 dias para Coronavac e 21 dias para Pfizer.

Quem vai receber a vacina deve apresentar identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a caderneta de vacinação. Para a segunda dose, é importante levar também o comprovante da primeira aplicação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui