Foto: Andre Coelho/Getty Images

Durante a inauguração do posto de vacinação da Base Aérea do Galeão, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, falou sobre a flexibilização das medidas restritivas contra a Covid-19 na cidade. Paes afirmou que vai se reunir com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, e técnicos da pasta para tomar uma decisão.

Segundo ele, se for possível flexibilizar mais, as medidas serão relaxadas. No entanto, ele ressaltou, a decisão será tomada a partir dos dados técnicos. Caso haja a flexibilização, o anúncio será feito nesta sexta-feira (30/04).

Se puder flexibilizar ainda mais, deixar com que a cidade funcione normalmente dentro da possibilidade, neste novo normal, a gente vai relaxar. Mas a gente só informa amanhã, vendo os dados a serem divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde“, disse Paes.

Na última sexta-feira (23/04), a Prefeitura publicou um decreto que permitiu a liberação de praias, parques e cachoeiras em dias úteis e suspendeu o escalonamento de horários de serviços não essenciais.

Vacinação: Rio tem ‘reserva técnica’ para aplicação da 2ª dose

Durante a inauguração, Paes também garantiu que há uma ”reserva técnica” de vacinas contra a Covid-19 no município e que, por ora, não deve haver falta de imunizantes para aplicação da segunda dose na capital fluminense.

”Apesar de ter tido uma liberação do Ministério da Saúde no sentido de que não se reservasse a segunda dose, tomamos o cuidado de fazer uma reserva técnica. Ela não é uma reserva de 100%, mas é uma reserva que nos dá o conforto de, caso aconteça um atraso, como ocorreu esta semana, que a gente continue aplicando”, disse Paes, afirmando que a campanha deve seguir normalmente neste final de semana.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui