População caminhando na orla da Zona Sul do Rio - Foto: Buda Mendes/Getty Images

A flexibilização do uso de máscaras parece estar cada vez mais próxima na cidade do Rio de Janeiro. Nesta segunda-feira (04/10), o prefeito Eduardo Paes publicou no Twitter a ata de uma reunião do Comitê científico da Prefeitura, realizada em 09 de agosto, quando foram definidas as premissas para reabertura gradual da cidade.

Na publicação, Paes destaca que o Rio pode atingir a segunda etapa do plano no dia 15 de outubro. Na segunda fase da flexibilização, os cariocas não terão mais obrigação do uso de máscaras em locais abertos sem aglomeração. O uso será obrigatório apenas onde não for possível manter distanciamento.

A etapa também prevê permissão para realização de eventos em locais abertos, com restrição de público até mil pessoas com uso de máscara obrigatório; e a abertura de danceterias, boates, casas de show e festas, em locais fechados somente para pessoas com esquema vacinal completo, e com 50% da capacidade.

Essas medidas poderão ser tomadas apenas quando 65% da população completar o esquema vacinal. Segundo Paes, a previsão é que esta marca seja alcançada em 11 dias.

Foto: Reprodução/Twitter

Ainda de acordo com Paes, no dia 15 de novembro o Rio pode chegar aos 75% da população vacinada. Isso permitiria o início da terceira etapa da flexibilização, quando o uso de máscaras será obrigatório apenas em ambientes hospitalares e no transporte público e a circulação será livre, sem restrição de capacidade e distanciamento.

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma daquelas ações do tipo gasto zero, abastece o tanque das viaturas da GM para encher o saco da população e justificar gastos, cadê as testagens?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui