Cristo Redentor iluminado de roxo em ação contra o feminicídio - Foto: Fabio Motta/Prefeitura do Rio

Como forma de celebrar os 15 anos da existência da Lei Maria da Penha, sancionada pelo Governo Federal em 07 de agosto de 2006, 10 pontos turísticos do Rio de Janeiro se iluminaram de roxo no último final de semana. A ação, que também aconteceu nos municípios de Niterói e Maricá, ambos da Região Metropolitana, integra a campanha ”Juntas Contra o Feminicídio”, organizada pelas respectivas Prefeituras.

No Rio, foram iluminados os Arcos da Lapa; a Câmara de Vereadores; o Copacabana Palace; o chafariz da Estrada do Gelão; o Cristo Redentor; a Igreja da Penha; a Igreja Nossa Senhora da Penna; o Museu do Amanhã; e o prédio-sede do Poder Executivo municipal.

Câmara de Vereadores do Rio iluminada de roxo em ação contra o feminicídio – Foto: Divulgação

Na capital fluminense, as mulheres que estiverem passando por alguma situação de violência podem procurar o Centro Especializado de Atendimento à Mulher – Chiquinha Gonzaga, localizado no número 125 da Rua Benedito Hipólito, na região central da cidade, ou via contato telefônico através dos números (21) 2517-2726 e (21) 98555-2151.

Vale ressaltar que o Rio conta também com a Ronda Maria da Penha, da Guarda Municipal, que apoia o cumprimento de medidas protetivas, e a Casa Viva Mulher Cora Coralina, um abrigo sigiloso (sem o endereço divulgado) para as mulheres que estejam em uma situação de violência extrema.

”Queremos lembrar que nenhuma mulher está sozinha e, cada vez mais, fortalecer e ampliar nossos serviços para que as mulheres tenham as ferramentas necessárias, sejam elas emocionais, sociais ou econômicas para romper com o ciclo da violência”, afirma a secretária municipal de Políticas e Promoção da Mulher, Joyce Trindade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui