Foto: Divulgação

Ponto turístico e de lazer que caiu no gosto dos cariocas, a Rio Star, uma das atrações da Zona Portuária do Rio de Janeiro vem dando demonstrações de recuperação no fluxo de clientes, mas sem deixar de lado os cuidados com pandemia do Coronavírus.

A maior roda gigante da América Latina recebeu no mês de julho 80% de visitação projetada sem pandemia. Com o avanço da vacinação contra Covid e a queda no número de pacientes internados, a tendência é que, não só a Rio Star, mas como outros equipamentos culturais e de entretenimento da cidade, possam voltar a funcionar.

Em nota, a Rio Star reforçou que vêm seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança e higiene recomendados pelos órgãos de Saúde.

Além disso, criou o programa Visita Segura”, que engloba outras medidas para a atração, como cabine exclusiva para até 4 pessoas do mesmo grupo, controle de fila para manter o distanciamento de 2m entre as pessoas, a desinfecção constante das cabines, principalmente após o uso e priorização de pagamento sem contato físico.

Inaugurada em dezembro de 2019, a Rio Star possui 88 metros de altura, e fica instalada em frente à Baía de Guanabara. A roda gigante conta com 54 cabines climatizadas onde os visitantes podem apreciar a vista da Zona Portuária, do Relógio Central, Morro da Providência, Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Pedra do Sal, Ponte Rio-Niterói e da Cidade do Samba.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui