Rio Surreal

Está aí, começou este ano um movimento na Internet muito mais interessante que o tal do “rolezinho”, páginas no Facebook como o Boicota Rio e o Rio $urreal, defendem o boicote a comércios que estejam praticando preços extorsivos no Rio de Janeiro que, afinal, está entre as mais caras do mundo.

O destaque é o Rio $urreal que em menos de 10 horas teve sua página chegando a mais de 40 mil fãs. A página propõe uma nova moeda, o Surreal, que só existiria no Rio de Janeiro e substituiria o Real, a cédula teria a imagem do papa do movimento surrealista, Salvador Dalí.

E o objetivo do Rio Surreal é acordar o carioca para quando achar o preço abusivo, não pagar, ou melhor, não ir ao local! Eles chamam atenção que não é para dar calote e sim boicotar o local.

misto quente de R$ 20, a salada de R$ 43 e a Porção de Peixe por R$ 90 em um quioque em Ipanema

E não faltam exemplos, dados pela própria página como pelos usuários. Reclamam dos 13% de serviço do Manekineko; os R$ 360 para ir dançar no Bailinho; ou o misto quente de R$ 20, a salada de R$ 43 e a Porção de Peixe por R$ 90 em um quiosque em Ipanema. Tem o Filé à Francesa do Belmonte por R$ 79,90

Filé à Francesa do Belmonte por R$ 79,90

No Beluga do RioSul é cobrado R$ 79,80 por um simples strogonoff:

No Beluga do RioSul é cobrado R$ 79,80 por um simples strogonoff

É claro que o comerciante cobra o preço que quiser, paga quem quer. A lei do mercado é simples, se eles continuam cobrando este preço é porque tem alguém querendo pagar ele. Acho justo, muito justo! Mas, convenhamos, pagar esse preço altíssimo em Beluga ou Belmonte é realmente desprezível.

Quanto aos aluguéis, que tem muita gente reclamando, continuo na defesa de quem tem imóvel bom e barato em Tomás Coelho, Coelho Neto, Irajá. Nem todo mundo pode morar no Leblon, eu mesmo escolhi morar em um apartamento maior em Jacarepaguá do que em uma quitinete em Ipanema.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui