Operação tapa-buraco no Rio em 14 de agosto de 2021 - Foto: Divulgação/Seconserva

Através da Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva), a Prefeitura do Rio de Janeiro realizou, neste sábado (14/08), um mutirão de tapa-buraco em toda a cidade. A operação contou com a colaboração, entre técnicos e operários, de aproximadamente 280 profissionais, fechando mais de 500 aberturas. Na maioria dos casos, vale ressaltar, o serviço atendeu a chamados abertos pela Central 1746.

O trabalho começou por volta das 07h, com as usinas de asfalto do Caju, na Zona Portuária, e de Campo Grande, na Zona Oeste, funcionando a todo vapor. Ao fim do dia, foram produzidas 300 toneladas de massa asfáltica, transportadas em 44 viagens feitas pelos caminhões da Conservação e usadas na recuperação de pavimentação em todas as regiões do Rio.

”Esse mutirão de tapa-buraco é o primeiro de muitos. A ideia é repetir nossa força-tarefa ao menos uma vez por mês, sempre em um sábado, a fim de causar menos impacto no trânsito. É mais uma demonstração do compromisso da atual gestão com a cidade”, disse a secretária de Conservação da capital fluminense, Anna Laura Secco.

Todas as 25 gerências ligadas à Seconserva participaram da ação. As equipes eram compostas por rasteleiros, operadores de máquinas, motoristas, serventes e encarregados. A função de rasteleiro é fundamental no tapa-buraco, pois é esse profissional que espalha manualmente a massa asfáltica e garante um bom acabamento para que ela seja compactada.

O asfalto foi transportado por caminhão basculante e, após aplicado, compactado por rolo compactador autopropelido, conhecido entre os técnicos como ”rolinho”.

3 COMENTÁRIOS

  1. Concordo plenamente com o Augusto, acima.
    Por exemplo, o lugar fora da zona sul que mais paga IPTU – O Recanto do Recreio – tem suas ruas esburacadas, asfalto mal colocado, rua afundando em função de manilhas de água e esgoto, avenida sem bueiro para escoamento de água, sequer para dentro do canal. Avenidas Tim Maia, Sílvia Pozzano, Miguel Antonio Fernandes, Rua Dr. Crespo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui