Rio tem 23 cidades entre as maiores do país com índices positivos na geração de empregos

No primeiro semestre de 2022, mais de um milhão de carteiras foram assinadas; Maricá lidera o ranking com a melhor taxa de aumento nas contratações

Foto: Ana Volpe/Agência Senado

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que 23 cidades do Rio, com mais de 150 mil habitantes, estão entre as que apresentaram índices positivos de geração de emprego no primeiro semestre de 2022. A Caged registrou 1.334.791 vagas de carteira assinada no período, resultado inferior ao mesmo período do ano passado.

O Ministério do Trabalho e Previdência, no último dia 28/07, divulgou os números. De janeiro a junho de 2021, foram 1.478.997 empregos criados com carteira assinada.

Na pesquisa, Maricá aparece em primeiro lugar com 11,42% na taxa de aumento de empregos, sem seguida Angra dos Reis com 6,17% e Rio das Ostras com 5,95%. A taxa é calculada a partir do saldo entre as vagas abertas e as demissões.

1° – Maricá2°- Angra dos Reis3°- Rio das Ostras
11,42%6,17%5,95%
Dados da Caged

Outras informações

O percentual do Estado do Rio ficou em 0,69%, enquanto o da Região Sudeste foi de 3,16% e o do Brasil, de 3,28%.

A Construção foi o setor que mais se destacou nesse semestre, foram 1.157.275 vagas geradas e 972.527 desligamentos, gerando 184.748 de saldo positivo, numa taxa de 8%.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui