Rio tem cerca de 470 mil pessoas com segunda dose atrasada

As idades com maior atraso são: entre 12 e 19 anos, com 140,6 mil pessoas e na faixa de 20 a 29, com 132,4 mil atrasos

Vacina contra a Covid-19 - Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Cerca de 470 mil pessoas tomaram a primeira dose da vacina e não retornaram aos postos para completar o esquema básico contra a Covid-19. O dado, divulgado pela Agência Brasil, destaca ainda as idades com maior atraso.

São 140,6 mil entre 12 e 19 anos; 132,4 mil na faixa de 20 a 29; 100,2 mil de 30 a 39 anos; 32,2 mil de 40 a 49 anos; 26,6 mil na faixa de 50 a 59 anos e 23,8 entre 60 e 64 anos. Entre 65 e 69 anos a população está 100% com o esquema básico completo. Acima de 70 anos, são cerca de 38 mil pessoas sem completar as duas doses.

Nesta quinta-feira (20/01), feriado municipal no Rio de Janeiro, pelo Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade, os centros municipais de saúde, clínicas da família e centros de testagem vão funcionar, das 8h às 17h, “exclusivamente para ações de combate à covid-19, atendimento/testagem e/ou vacinação contra a doença”.

Especialistas dizem que variante Ômicron pode representar o fim da pandemia de Covid-19

Nesta quarta-feira (19/01), o estado do Rio registrou 69.223 novos casos conhecidos de Covid. O índice atingido representa a maior média móvel de novas contaminações por dia no estado desde o início da pandemia, chegando a 17.026.

Também nesta quarta, o RJ marcou o segundo dia com o maior número de novos casos registrados – perdendo apenas para o dia 19 de setembro. Na ocasião, entretanto, havia acúmulo de casos no sistema por problemas nos registros nos dias anteriores.

A média móvel de novos casos apresentou nesta quarta um crescimento de 624% em relação a registrada há 14 dias. Já número de óbitos por Covid registrado nesta quarta no estado foi 7, com média móvel em 10, um crescimento de 15%, no limite da estabilidade.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui