Uma das jiboias resgatadas pela Patrulha Ambienal da Guarda Municipal. Foto: Divulgação/Guarda Municipal

Nas últimas 24 horas, a Patrulha Ambiental da Prefeitura do Rio de Janeiro, formada por agentes da Guarda Municipal e fiscais da Secretaria de Meio Ambiente, fez o resgate de duas jiboias, cada uma com cerca de 1,5 metro de comprimento, que apareceram em estabelecimentos comerciais das zonas Sul e Oeste da cidade.

Nesta terça-feira (14/07), os agentes foram acionados para resgatar uma cobra no forro do telhado de um hotel localizado na Rua São Clemente, em Botafogo. Como o animal estava com um espinho de ouriço preso em sua gengiva, a equipe levou a jiboia para a base da patrulha ambiental, na região central da capital fluminense, para efetuar a retirada do espinho. A cobra foi encaminhada ao Parque Natural Municipal de Marapendi, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, para ser devolvida à natureza.

Já na segunda (13/07), a mesma Patrulha Ambiental atendeu solicitação recebida pela Central 1746 de um estabelecimento comercial na Estrada da Covanca, no Tanque, bairro da Zona Oeste, para realizar o resgate da cobra. Como a jiboia estava saudável, as equipes levaram o animal até o Parque Natural Municipal da Prainha, também no Recreio, onde foi devolvida ao seu habitat natural.

A Prefeitura do Rio orienta a população a acionar a patrulha por meio da Central 1746, caso flagrem animais silvestres em área urbana do município ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat para um resgate seguro. O manuseio não é aconselhável e, muito menos, tentar afugentá-los, pois pode agravar qualquer lesão que os animais apresentarem. A Central 1746 funciona 24 horas.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui