Rua do Catete, na Zona sul do Rio (Foto: José Lucena)

Com o objetivo de minimizar os impactos da chuva nas ruas da cidade e gerar menos transtornos para os cariocas, a Prefeitura do Rio de Janeiro lançou nesta terça-feira (5/10), o chamado Plano Verão para os anos e 2021 e 2022. Na coletiva de apresentação do projeto, o Prefeito Eduardo Paes disse que serão instalados sensores Noah em diversos pontos do município. Os equipamentos ficarão responsáveis pela identificação de pontos de alagamento de maneira antecipada no próximo verão.

Num primeiro momento, os sensores irão funcionar no Catete, na Zona Sul, e em Bangu, e no Itanhangá, na Zona Oeste. Além disso, duas mil câmeras nas áreas mais comprometidas pelas chuvas serão instaladas até dezembro na cidade, disse Alexandre Caderman, chefe-executivo do Centro de Operações Rio.

A iniciativa foi desenvolvida pelo Centro de Operações (Cor) em parceria com outros 34 órgãos municipais.

O Plano de Verão conta com algumas das principais ações implantadas pelo poder municipal para reduzir, os danos provocados pelo mau tempo como a Operação Ralo Limpo.

A gente não consegue evitar, mas consegue prever o alagamento. O importante é que esses sensores nos permite algum grau de previsibilidade“, explica o prefeito Eduardo Paes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui