Imagem do documentário "Diego Maradona" exibido em Cannes | Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (24/06), foi promulgada a lei que cria a Praça Diego Armando Maradona, em frente ao Consulado Geral da Argentina, na Praia de Botafogo, entre a rua Farani e o Viaduto San Tiago Dantas, na Zona Sul. O projeto havia sido vetado pelo prefeito Eduardo Paes.

No mesmo dia, o vereador Felipe Michel, autor da lei, se reuniu com o cônsul Cláudio Gutierrez para projetar a colocação de uma estátua do jogador, falecido no dia 25 de novembro de 2020, na praça. 

Esta homenagem nos alegra profundamente porque Maradona gostava muito do Brasil, tinha muitos amigos aqui e muito respeito pelos grandes ídolos do futebol brasileiro. Gestos assim são a prova dos estreitos laços que há entre Brasil e Argentina e simboliza o claro sentimento da fraternidade entre nossos povos“, disse o cônsul argentino. 

Felipe Michel, que é ex-jogador, ressaltou a admiração que os brasileiros têm pelo futebol de Maradona: “O Maradona sempre fez parte da minha galeria de ídolos. Vimos nesta Copa América a homenagem feita a ele no estádio Nilton Santos, o que só reforça a importância do craque argentino na história do esporte mundial. Fico muito feliz por ter sido o responsável pela criação desta praça, que com certeza virará ponto turístico“.

8 COMENTÁRIOS

  1. Os macacos selvagens,vão homenagear esse europeu simpaticísimo e evoluído?
    Como tem brasileiro babaca pqp,q vergonha alheia!!!Maradona era um vagabundo, viciado e arrogante!!!Merece um monumento na forma de uma bossssta!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui