Imagem meramente ilustrativa da Baía de Guanabara - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

A primeira semana de maio tem previsão do tempo animadora para o município do Rio de Janeiro. Isso porque, de acordo com informações do site especializado ”Climatempo”, a tendência é de tempo firme na capital fluminense, com possibilidade de chuva apenas para a sexta-feira (07).

De segunda (03) a quinta (06), a previsão é de sol o dia inteiro com algumas nuvens, mas sem precipitações chuvosas, e o mesmo vale para sábado (08) e domingo (09). Nos dias úteis citados, as temperaturas devem variar entre 16 e 34 graus, enquanto que, no final de semana, entre 20ºC e 26ºC.

Já na sexta, como dito anteriormente, o sol deve sair pela manhã, mas podendo haver pancadas de chuva à tarde e à noite, com o clima ficando entre 19 e 29 graus.

1 COMENTÁRIO

  1. Vamos ver se o tempo fica bom na política também… Essa semana.

    Engraçado, a direita tomou as ruas no 1º de maio. Achei esquisito. A esquerda covarde, sumiu… Ficou apenas na friorenta internet e online (fraqueza cognitiva).

    Bom…, podemos refletir. Eis:
    Ao pensar é preciso expressar aquilo que as faculdades não falam. O “lado obscuro da lua”:

    Eis aí a pura e profunda realidade sociológica e filosófica:

    Com a “Copa das Copas®” do PT®, em vez de se construir hospitais, construiu-se prédios inúteis!
    A Copa das Copas®, do PT© e de lula©. Sempre se utiliza de propaganda, narrativas e publicidades sofisticadas e bem feitas para enganar e praticar lavagem-cerebral nos meios de comunicação. Não se desenvolve a imaginação.

    E hoje precisamos muito mais de eventos sérios e artísticos. De um Brasil que se perdeu nessa década de 2010 pra cá. Um mau gosto enorme dos políticos que vieram durante esse período. Sempre com um mau gosto imenso. E o país sem escola para novas gerações. Tudo foi por água abaixo — naturalmente.

    Excelentes escolas precisamos! Educação de 1ª. Necessitamos sim de educação como a de Helsinque, Europa, e da Coreia (do sul, naturalmente).
    Não precisamos de políticos tricksters. Precisamos de educação de qualidade no Brasil. Sobretudo das crianças pequenas.

    O que é trickster? “Trickster” é, na mitologia, e no estudo do folclore e religião, um deus, deusa, espírito, homem, mulher, ou animal antropomórfico que prega peças sem se perceber.

    É uma espécie de Malandro®. Um personagem que usa de astúcia, em vez de força ou autoridade, para realizar seus objetivos (escusos).

    Aí fiquei pensando nos personagens das historinhas que nos são contadas onde há dentro dessas historinhas essas sabedorias. Lembrei da raposa, com sua malandragem suave e dócil (fingida). E me lembrei do Lobo, de Chapeuzinho Vermelho.

    Portanto, deve ser um vigarista, truculento, e picareta. Lembrei imediatamente do Molusco® apedeuta, dos Ministros Petistas sindicalistas e do PT® em geral. Trapaceiros.

    O PT© é barango. Idem PCdoB. O Kitsch político contemporâneo.

    Precisamos sim de alta cultura. Não de cultura de massas. Indústria cultural (que não é o mesmo que cultura popular). Mire-se em Theodor Adorno.

    O pessoal de nossas escolas precisa de Machado de Assis. Villa-Lobos. Drummond. Kafka. Graça Aranha, Aluísio de Azevedo, do Maranhão. Rachel de Queiroz. E das Sinfonias de Mozart — abstratas e universais instrumentais. Nossas escolas são péssimas.

    O que o Brasil precisa: bons hospitais novos e escolas. Só isso. O resto o povo faz, certo? Ou não?
    O que o PCdoB jamais fez ou faz.

    As escolas EaD, à distância (atual, devido a pandemia) são péssimas.
    Não se aprende bem. O que mais o Brasil precisa na real e atualmente é de alta literatura. Alta cultura. Nas escolas sobretudo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui