Rio vive escalada nos casos de Covid; aumento é de 6.778% em 20 dias

O esperado aumento de casos da nova variante, já começou. Apesar da sua baixa letalidade, a Ômicron é mais contaminante. Rio terá mais dez pontos para testagem

Calçadão de Ipanema | Foto: Reginaldo Pimenta

Embora a variante Ômicron seja muito menos letal e tenha o potencial de danos reduzido em função da vacina e da sua própria característica, o Rio registra um aumento estratosférico nos casos da variante desde meados de dezembro passado, cenário que foi agravado pelas festas de fim de ano. Este aumento já era esperado pelos especialistas, tendo em vista que a nova variante, apesar de muito menos letal, é mais contaminante.

O painel da prefeitura do Rio mostra que, no dia 12 de dezembro, apenas 18 pessoas tiveram o diagnóstico da doença. No dia 25, o número de infectados pulou para 269 e, em 1º de janeiro, saltou para 1.238. Em uma semana, do Natal para o réveillon, a alta foi de 360%. Se recorte for feito no período de 20 dias, o crescimento foi de 6.778%. O levantamento foi feito pelo jornal Extra.

A Capital Fluminense tem três casos confirmados da nova cepa, todos de pessoas que vieram de fora do país. No entanto, a prefeitura já admitiu que exista a circulação comunitária, isto é, pessoas infectadas no município transmitindo a doença. O volume abrupto de casos tem gerado enormes filas nos centros médicos públicos, farmácias e laboratórios.

O percentual de cariocas e turistas quem testado positivo para a Covid neste início do ano é de 41%, quase metade. Contudo, o número de pacientes internados segue baixo, ficando em 25, contra mais de 500 no mesmo período do ano passado. segundo os especialistas, a taxa reduzida de hospitalizações se deve diretamente a vacinação da população, que hoje já chega a mais de 95% (para adultos com as duas doses ou dose única).

Cancelamento do Carnaval de rua

O avanço de pacientes contaminados pela Covid no Rio fez com que a Prefeitura cancelasse o Carnaval de Rua deste ano. Os blocos e poder público estudam uma maneira de promover festas que exijam o controle vacinal dos convidados. A festa da Marquês de Sapucaí segue confirmada.

Mais dez novos postos de testagem

Com o aumento expressivo do número de casos da Covid-19 nas últimas semanas em diversos municípios do Rio de Janeiro, a Prefeitura da capital e o Governo do Estado anunciaram que vão abrir mais dez pontos de testagem para a doença.

Na rede municipal, a prefeitura informou que um dos postos novos começa a funcionar às 12h30 desta quinta no Clube Municipal do Servidor, que fica na Rua Ulysses Guimarães, na Cidade Nova. Os endereços dos demais centros de atendimento ainda não foram divulgados.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui