Imagem apenas ilustrativa | Foto: REUTERS/Dado Ruvic

Nesta quarta-feira, 12/05, a Prefeitura do Rio retoma a vacinação contra a Covid de grávidas e puérperas com comorbidades (mulheres que acabaram de dar à luz), que havia sido suspensa ontem.

Contudo, por orientação do Ministério da Saúde, serão aplicadas no Rio as vacinas Pfizer e CoronaVac, de acordo com a disponibilidade de doses.

De acordo com a Anvisa, a investigação sobre morte de gestante de 35 anos levou à suspensão do uso da vacina AstraZeneca.

Ao programa Bom Dia Rio, da TV Globo, o secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, disse que a capital não tem, no momento, nenhuma grávida no prazo para tomar a segunda dose de AstraZeneca. De acordo com ele, só daqui a um mês elas devem retornar ao posto e, até lá, a expectativa é que o Ministério da Saúde já tenha uma recomendação mais objetiva sobre o assunto.

O secretário disse ainda que o Ministério da Saúde já está reservando em seu almoxarifado central a segunda dose da vacina da Pfizer para evitar desabastecimento nos municípios.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui