Visando minimizar o impacto das ações humanas no meio ambiente, o RIOgaleão tem desenvolvido diversas iniciativas sustentáveis desde o início da concessão, em 2014. Uma delas é o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, que destinou, até o momento, um total de 7.280 toneladas de resíduos recicláveis para cooperativas de recicladores da região.

O programa tem como objetivo direcionar de forma adequada os diversos tipos de resíduos gerados no sítio aeroportuário, promovendo a sustentabilidade por meio da mitigação dos impactos sobre o meio ambiente.

Também no mesmo período, a concessionária encaminhou 6.883 toneladas de resíduos orgânicos para compostagem. Desde a sua implementação, em 2017, o projeto Ciclo Orgânico reaproveita os resíduos orgânicos gerados no aeroporto, que vão desde restos de alimentos oriundos das praças de alimentação, restaurantes e lanchonetes, até as aparas de grama e poda das atividades de manutenção das extensas áreas verdes do aeródromo. Todo o material coletado é transformado em adubo orgânico, minimizando a pressão sobre os aterros sanitários da cidade.

Os resultados positivos conquistados ao longo dos últimos anos são fruto do nosso comprometimento com a sustentabilidade. Nossas ações são perenes, e contam com o apoio de toda a comunidade aeroportuária. No mês do Meio Ambiente, queremos reforçar que é possível conduzir o negócio de forma sustentável e com respeito ao nosso planeta”, afirma Karen Shigueno, responsável pelo Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do RIOgaleão.

Conexão Escola

Promover a consciência ambiental é de suma importância para que a sociedade possa transformar a sua relação com o meio em que vive. Pensando nisso, há seis anos o RIOgaleão desenvolve o projeto Conexão Escola nas comunidades do entorno do aeroporto. O objetivo é fazer com que jovens e crianças sejam agentes transformadores, multiplicando os conhecimentos adquiridos no projeto sobre como cuidar do meio ambiente.

O Conexão Escola volta às suas atividades este ano com ações socioambientais que contam com as orientações da equipe educacional da Espaço e Vida, a fim de educar a partir de práticas de sustentabilidade e cidadania por meio de exercícios pedagógicos e lúdicos. Dentre os temas propostos estão coleta e reciclagem de resíduos, importância de evitar o desperdício de água, reutilização de materiais e até produção de receitas culinárias. Ainda com a pandemia, o retorno segue alinhado às medidas de isolamento social e, neste período, conta com 125 alunos inscritos. Ao todo, 372 alunos já foram beneficiados diretamente pelo projeto.

A conscientização ambiental também envolve a comunidade aeroportuária, que passa por treinamentos constantes sobre a importância de ações individuais em prol do meio ambiente. Desde o início da concessão até o momento, a equipe de Sustentabilidade realizou mais de 27 mil horas de capacitação.

Em 2019, a concessionária recebeu o Selo ANAC Aeródromo Sustentável Avançado, consagrando o aeroporto como um dos mais avançados em sustentabilidade em todo o Brasil. Também foi reconhecido com as Menções Honrosas pelo Programa de Treinamentos Socioambientais, e pela Gestão de Resíduos Sólidos (projeto Ciclo Orgânico) e o projeto Conexão Escola. Já em 2020, o RIOgaleão atingiu pontuação máxima nos requisitos de gestão de resíduos, gestão organizacional e educação ambiental do edital “Aeródromos Sustentáveis da ANAC”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui