Rioluz investe em novas medidas para minimizar furtos de cabos e luminárias

Estão sendo instaladas caixas gradeadas para proteger as luminárias de LED e eletrocalhas anti-furtos para blindar toda a rede elétrica

Foto: Prefeitura do Rio

A Parceria Público-Privada (PPP) da Prefeitura do Rio, gerenciada pela Rioluz em consórcio com a empresa Smartluz, estima um prejuízo mensal de R$ 250 mil com os furtos de cabos e luminárias da cidade.

Em paralelo às ações de segurança pública, a Rioluz tem investido em uma série de medidas para dificultar e coibir esses atos de vandalismo que tem ocasionado eventuais apagamentos e instabilidades na rede, acarretando transtornos ao cidadão.

Uma delas está sendo implementada no túnel Alaor Prata, mais conhecido como túnel Velho, na Zona Sul da cidade. Estão sendo instaladas caixas gradeadas para proteger as luminárias de LED contra furtos. Ao todo, serão 182 luminárias que ficarão protegidas, a fim de dificultar as ações de criminosos nesta via.

Foto: Prefeitura do Rio

Esses gradis foram testados no final de maio na região do Buraco do Padre, no Engenho Novo, na Zona Norte, que era cenário de constantes furtos. Foram instaladas 12 caixas gradeadas nas luminárias para impedir o roubo das lâmpadas e, desde então, não houve mais registros de furtos desse material por lá.

Somente no mês de maio foram registradas 302 ocorrências envolvendo furto de cabos e caixas de passagem da iluminação pública, o que equivale a uma média de 10 por dia. Os bairros com maiores incidências desse delito foram a região do Maracanã, seguida de Campo Grande, Santa Cruz, Colégio e Irajá. Somente na região do Maracanã, nos últimos 45 dias, ocorreram vários furtos de cabos, levando a subconcessionária a enviar 33 vezes as equipes ao mesmo local para efetuar a regularização do sistema.

Paulo Cézar dos Santos, presidente da RioLuz, afirma que, infelizmente, medidas para dificultar o furto precisam ser feitas em toda cidade. “Estamos criando soluções paliativas para dificultar a ação dos criminosos”, comentou Paulo Cézar.

Além das caixas blindadas, a PPP investiu nas eletrocalhas anti-furtos para blindar toda a rede elétrica do túnel Noel Rosa, região que sofre muito com essa prática criminosa. E também foram concretadas as caixas de passagem de fios na Linha Vermelha e no Parque dos Patins, na Lagoa. Estes procedimentos estão sendo adotados também na Avenida Brasil e nas praças da cidade.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui