Rio+Seguro prende homem suspeito de clonar cartões bancários em Copacabana

Uma equipe do Programa Rio+Seguro, programa da Prefeitura do Rio em apoio à segurança, prendeu um homem por estelionato e corrupção ativa, neste sábado, dia 09/03, em Copacabana. Com ele, foram apreendidos 67 cartões de créditos, R$ 10.754,00 em espécie, dois celulares e um carregador portátil. O preso, que tentou subornar os agentes, já possuía passagens pela polícia. O caso está sendo registrado na 12ª DP – Copacabana.

Policiais militares e guardas municipais a serviço do programa foram acionados, por telefone, por uma testemunha que suspeitou do homem em um supermercado do bairro. A equipe procedeu ao local para averiguar a denúncia e conseguiu localizar o suspeito, identificado como Severino Araújo, de 40 anos, em uma lanchonete próxima ao estabelecimento. Durante a abordagem, foram encontrados os cartões e o dinheiro. O homem tentou subornar os agentes e foi preso em flagrante.

“Chupa-cabras” – Ainda neste sábado, seis dispositivos de clonagem de cartões, popularmente conhecidos como “chupa-cabras”, foram apreendidos em várias agências de Copacabana. A ocorrência está sendo registrada na 13ª DP. O Rio+Seguro tem atuado com frequência no combate a quadrilhas de estelionatários em Copacabana e Leme. Nos últimos seis meses, outros 14 dispositivos de clonagem de cartões foram apreendidos em agências bancárias dos bairros e cinco pessoas presas acusadas de instalar os aparelhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here