Riotur orienta que escolas de samba façam ensaios e eventos em locais fechados, com maior controle de público

Um documento, assinado pela presidente da empresa de turismo do Rio, Daniela Maia, foi direcionado à Liesa

Ensaios Técnicos da Sapucaí - Unidos da Tijuca - Foto: Alexandre Macieira|Riotur

Através de um ofício, a Riotur orientou as escolas de samba para que façam seus ensaios e outros eventos em locais “com controle de acesso, em consonância com as medidas sanitárias vigentes”. O documento, assinado pela presidente da empresa de turismo do Rio, Daniela Maia, foi direcionado à Liesa – Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, que ainda não se pronunciou sobre o tema. O presidente da Liga, Jorge Perlingeiro é citado no texto.

O ofício

No início desta semana, os ensaios técnicos das escolas de samba, previstos para acontecer na Marquês de Sapucaí, no Centro da cidade do Rio de Janeiro, a partir da segunda quinzena deste mês de janeiro, foram adiados devido às obras na Avenida, que ainda não foram finalizadas, e pelo cenário epidemiológico da cidade do Rio por causa da Covid-19.

Ainda faltam as obras para a troca do asfalto da avenida, que não era recapeada havia 12 anos, e a substituição dos bueiros por outros maiores, especialmente por causa do grande volume de chuvas de janeiro e fevereiro na cidade. Segundo Jorge Perlingeiro, a previsão agora é que a avenida esteja preparada para os ensaios técnicos somente no fim de janeiro ou no início de fevereiro. O carnaval começa em 27 de fevereiro.

Perlingeiro também afirmou estar avaliando o acesso ao ensaios técnicos por causa da Covid-19, já que são gratuitos e abertos ao público: “O público do ensaio técnico é diferente do público que vai ao desfile. No ensaio não paga, é gratuito. Já no desfile tem catraca. Eles pagaram pelo ingresso. Tem como cobrar algo. Não tem essa possibilidade no ensaio”, disse Jorge.

1 COMENTÁRIO

  1. De olho: Eduardo Paes que fique esperto.
    Grupo de TV que transmite as Escolas de Samba Séries Ouro e Prata do Sambódromo não está bem de situação financeira. Fato que parece ser motivo de estar tocando lenha na fogueira, fazendo cerco para suspender o Carnaval da Sapucaí.
    Enfim, aprendi nesta vida que devemos ler as entrelinhas, e procurar saber quem são os atores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui