Rita Benneditto - Foto: Thais Gallart

Cantora e compositora de timbres diversos e ao mesmo tempo ressaltando uma voz única, Rita Benneditto defende em novo show, sambas representantes de diferentes regiões do país. Depois do sucesso do “Tecnomacumba”, projeto que comemora 18 anos em turnê pelo Brasil e exterior, a artista maranhense volta dia 3/12, sexta-feira, ao Teatro Rival Refit, agora, pela primeira vez com seu ‘Samba de Benneditto’ no tradicional palco da Cinelândia.

Nesse projeto mostra seu olhar sobre o samba e as muitas formas com que ele é executado no Brasil afora. Um dos principais nomes da MPB, Rita reúne 26 composições, entre clássicos e autorais numa grande viagem pela história da cultura afro-brasileira valorizando sambas de várias épocas e estilos.

Seu passeio musical vai desde o samba de terreiro, transitando pelo samba de roda da Bahia, mas sem esquecer suas raízes maranhenses, o samba caboclo dos “Fuzileiros da Fuzarca”, os blocos tradicionais do carnaval do Maranhão, seu Pai Fausto Benedito e “São Benedito” – o santo dela de devoção, assim como “Santa Rita de Cássia”. Todos são referências marcantes do lugar onde nasceu e que não ficaram de fora do animado repertório que pretende não deixar o público parado na plateia.

O novo show é para Rita uma inspiração contínua do bem-sucedido “Tecnomacumba”, o divisor de águas na carreira. O roteiro segue pontuando com o seu olhar naquilo que fundamenta a raiz do samba, mas não abandona a influência na modernidade.

A linha de trabalho é destacada por ela como um ato de brasilidade e manifestação à história musical do Brasil, grande terreiro onde a cultura negra se faz presente em todo canto. Após a estreia nacional de “Samba de Benneditto” no ano passado em São Paulo, no SESC Pompeia, antes da pandemia, a apresentação seguiu para o Rio de Janeiro, no Clube Manouche. Com o isolamento social, no Teatro Rival Refit a produção ganha nova data com a retomada cultural carioca.

Serviço
Show: Samba de Benneditto”
Dia 3 de dezembro, sexta-feira – 19h30
Endereço: Rua Álvaro Alvim, 33-37 – Cinelândia – RJ
Telefone: Tel. 2240-4469
Capacidade: 350 lugares
Abertura da casa: 18h30

Bilheteria: Aberta de quarta a sexta – das 15h às 20h. Sábados e feriados – das 16h às 20h30 (somente em dias de shows)

Ingressos:                         
R$ 80,00 (Inteira)
R$ 40,00 (Estudante / Idoso / Professor da Rede Municipal / Funcionário Refit / Assinante O Globo)
R$ 60,00 (Promoção 100 primeiros)
R$ 63,20 (Promoção Santander 21)

Vendas de ingresso pela Sympla
https://bileto.sympla.com.br/event/64291/d/81188

Duração: 1h30

Classificação indicativa: 18 anos

Ficha Técnica
Concepção e direção geral: Rita Benneditto
Coordenação geral e direção de produção: Elza Ribeiro
Direção musical: Fred Ferreira e Rita Benneditto

Músicos:
Fred Ferreira (guitarra, violão, viola caipira e vocais)
Michel Ramos (cavaco e violão 7 cordas)
Beto Lemos (rabeca, baixo e vocais)
Ronaldo Silva (percussão e vocais)
Júnior Crispin (percussão e vocais)
Mafram Maracanã (percussão)

Iluminação: Mario Lobo
Técnico de som: Andreas Sepulveda
Cabelo e maquiagem: Ju Cordeiro
Roadie: Anderson Pupu
Produção executiva: Alessa Fernandes
Mídia Social: LB Digital e Conteúdo
Assessoria de Imprensa: CICLO Comunicação/ Clóvis Corrêa

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui