Imagem meramente ilustrativa de vacina sendo aplicada - Foto: Getty Images

O estado do Rio ocupa a quinta posição entre os estados no ranking da vacinação contra a Covid-19. O estado já aplicou mais de 9,5 milhões de doses e tem mais de 15,63% da população imunizada com as duas doses ou com a vacina de dose única. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), os números são positivos e refletem nos resultados das medidas preventivas e nos atendimentos a pacientes com a doença.

A pasta destaca que, à medida que a imunização avança, cai o número de óbitos causados pela doença, com destaque para a queda registrada entre o fim de maio e o início de julho no estado. Segundo o Painel Coronavírus, na semana epidemiológica 22 (entre 30 de maio e 05 de junho), a Secretaria registrou 950 mortes causadas pelo vírus. Já na semana epidemiológica 26, que representa período de 27 de junho a 03 de julho, o Rio de Janeiro teve 374 mortes provocadas pela doença, ou seja, uma redução de 60%.

A 39ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgado na última sexta-feira, pela Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS), mostra também uma redução de 26% nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na comparação da semana epidemiológica 26 (27 de junho a 03 de julho) com a 24 (13 a 19 de junho) de 2021.

Contudo, o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, ressalta que ainda é preciso que as medidas de prevenção sejam respeitadas e que os municípios continuem avançando na vacinação, pois só assim a imunização coletiva será alcançada.

Variante Delta

Nesta segunda-feira (19/07), o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, em entrevista ao “RJ1”, na “TV Globo”, afirmou que a variante delta da Covid já é a segunda mais encontrada no estado do RJ, “atrás apenas da P.1, a variante de Manaus”. Ele destacou que a velocidade na qual a cepa se espalhou é preocupante.

Até esta segunda, o estado do Rio teve 72 casos da variante delta mapeados. Eram 74 no fim de semana, mas dois pacientes eram de fora do estado e saíram da estatística.

11 COMENTÁRIOS

    • Parabéns!!!Graças ao MINHA DICA,foi pesquisar no OUR WORLDINDATA,ao invés de se “informar”,por globofakenews,ou datafoice!!
      Só q vc não captou!!!Olha a extensão de um país q em 4 horas de trem ,se cruza inteiro,e um do tamanho do nosso?Não seria lógico já estar com tooooda a população vacinada,e não só os maiores de idade?Vacinaram muuuuito pouco,muita lerdeza,muito mal administrado…mesmo porque não souberam fazer acordos com os fabricantes, e as vacinas FALTARAM pra os paisecos da UE!!!É de morrer de rir!!Um bando de incompetente querendo dar pitaco aqui,pra tudo!!

      • Eles só ficaram e fecharam contrato com a Astrazeneca, a excessão se um ou outro país como Israel. Pois olhavam especialmente como uma vacina da Europa. Inclusive peocessam a fabricante. Depois passaram a buscar alternativas…

      • O Brasil ao contrário daqueles países tem estrutura para vacinar mais de 2 milhões por dia.
        Nos EUA chegou a vacinar até aproximadamente 4 milhões.
        Mas nesse como nos outros países enfrentam também resistência de parte da população à vacina.
        Aqui mesmo. Tenho um profissional saúde que me consultei essa semana que me perguntou se tomei a vacina, porque ele disse que não tomou e não vai tomar porque não acredita…
        Daí eu te pergunto.
        Se é questão de saúde pública, como um profissional da área da saúde não toma e pode receber normalmente pacientes em seu consultório precisando às vezes ficar sem máscara????

        • Você poderia ter se recusado a ser atendido por alguém sem máscara, mas vc não pode obrigar ninguém a tomar!!Só se ele estivesse num presídio,ou campo de concentração!!Num país democrático o governo pode estimular a vacinação, mas não pode obrigar…..mesmo porque essa vacina não tem garantia nenhuma…não se sabe nada ainda…somos cobaias,e cada um faz o q achar melhor!Ser obrigado a ser cobaia só em países como a Coreia do Norte,pois nem na Rússia colou!!
          Apesar de achar q as vacinas,mesmo feitas em tempo recorde,no final se saíram bem..sempre existe a possibilidade de vc ser “brindado”com uma reação adversa e mortal!!
          Um conhecido meu tomou a da Pfizer e 2 dias depois a pressão ficou descontrolada,e batimentos de 170 em repouso!!!Quase 1 mês e até agora não estabilizou!!!Não tem relação com a endocardite,ou miocardite q tem dado em jovens!!!É um efeito colateral,não muito falado,até agora…
          Então te pergunto,quem sou eu,ou quem é uma “autoridade do governo,para obrigar ele a tomar a segunda dose?É a vida dele,ele q deve decidir….Tem q pensar nas pessoas com o uso de máscara (como seria o certo pra qq doença q se espalhasse pelo ar),de resto,quem sabe da vida dele,é ele!!!
          À pessoa q se sente incomodada com isso,cabe boicotar,tentar conscientizar ou qq outra coisa,mas nunca obrigar!!!

          • Como se faz de recusar um tratamento e acompanhamento já iniciado há tempos?
            Quem teve que abrir a boca e tirar a máscara sou eu.

            Uma pessoa ser obrigada a tomar é uma coisa. Já a obrigatoriedade de tomar, para que ela possa desempenhar determinada atividade, é outra coisa. Se assemelha a questão do viajante. O interesse aqui é da proteção de terceiros.

            Quando você viaja para determinados lugares, que sequer tem no calendário de vacinação oficial do país de origem uma vacina que se aplica no país de destino, então você só entra neste mediante a exibição do certificado de vacinação daquela vacina para proteção que né sempre é do viajante, mas da população do país de destino e no regresso quando voltar ao país de origem.

          • Ah…entendi!!!Ele estava de máscara, e vc q teve q tirar!!!
            Muito difícil ele transmitir assim!!!
            Acho estranho médico se recusar a tomar,tendo q tratar de pacientes!!!
            De qq forma é pouco provável vc ter pego!!!
            Convivi com tuberculose e nunca peguei,mesmo sem máscara….
            Se entope de vit D 40.000 UI por semana..
            Pegar pode ser em qq lugar…transporte, elevador…vai saber!!Mas q é estranho um médico não ter se vacinado,isto é!!!Até a coronavac é melhor q nada!!!

          • Difícil porém não impossível.
            Ele em certos momentos pode ser que tire a máscara. E as partículas em aerosois ficarem suspensas no ar, ou mesmo de um lado ao outro com ar-condicionado…

  1. O fato de não agilizarem a vacinação da população (com as duas doses) poderá ter consequências logo mais à frente.

    Isso porque ainda estaremos para completar as duas doses aqui no Brasil a maioria das Prefeituras (como a do Rio) adotou o período extenso de 90 dias.

    Ou seja, aqui estaremos na Primavera ainda correndo atrás da vacinação, enquanto as nações mais ricas do norte, no Outono, outra vez irão atrás de mais vacinas porque já se verifica a necessidade de inclusão da vacinação no calendário anual.

  2. 15% de população imunizada não é nada.

    Tem a variante Delta (indiana) que, com os números crescendo, inclusive, derrubou, hoje, a bolsa de valores nos EUA.
    E ainda tem a cepa Delta Plus (surgiu em Cingapura).

  3. Parabéns ao Soranz,e a administração de Bolsonaro por ter conseguido as vacinas,mesmo o Brasil não sendo o fabricante, e dependendo do IFA importado!!!
    Em pensar q países ridiculamente pequenos começaram a vacinar no início de janeiro,e nem vacinaram os maiores de idade ainda!!!É só ver a população de uma França e Alemanha por exemplo…população total de cada de 70 milhões de pessoas mais ou menos,e ainda não conseguiram vacinar todo mundo elegível!!!Já eram pra ter vacinado até fetos por nascer!!!Kkkkkkk O Brasil começou 1 semana depois em janeiro e já vacinou 90 MILHÕES de pessoas,num país continental!!!!
    Outros exemplos ridículos são Canadá,Portugal,Irlanda…uma população ridiculamente pequena,e nem assim vacinaram nem a metade vacinada aqui no Brasil!!!Portugal com 10 milhões!!!Kkkkkkkkk SÓ RINDO!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui